Não, esse ainda não é um Nexus 6, mas sim o seu antecessor (Fonte da imagem: Reprodução/Know Your Mobile)

A linha Nexus de smartphones da Google cresceu muito nos últimos anos, deixando de ser um dispositivo de nicho voltado para puristas do Android, com o Nexus One e o Galaxy Nexus, e se tornando um dispositivo de mercado de massa popular pelo mundo afora, com o Nexus 4 trazendo especificações de top de linha com preços mais modestos.

O Nexus 5 seguiu a deixa e se estabeleceu, de forma geral, como um dos melhores celulares lançados no ano passado. Agora, o fãs aguardam ansiosamente por mais notícias a respeito do sucessor, o Nexus 6, que deve chegar ao mercado ainda em 2014. Mas será que podemos esperar muita coisa do novo gadget da Google? Aparentemente, sim.

De acordo com informações do Economic Daily News de Taiwan, o Nexus 6 vai trazer dentro de si um processador quad-core MT6732 de 64 bits com 1,5 GHz, ou o SoC octa-core MT6752 com 2 GHz de frequência. Espera-se que a Google acrescente suporte a CPUs de 64 bits em sua próxima grande atualização do Android na conferência de desenvolvedores I/O 2014, que acontecerá a partir de 25 de junho.

Explorando o futuro

Conceito criado por fã de como seria o Nexus Watch (Fonte da imagem: Reprodução/Android Analyse)

O smartphone propriamente dito deve novamente ser fabricado pela LG, cuja parceria contínua com a Google foi revelada durante a MWC 2014. A Gigante das Buscas também teria relegado à fabricante coreana a tarefa de construir seu primeiro smartwatch movido a Android Wear, mas os detalhes sobre esse possível Nexus Watch continuam bastante escassos no momento

Segundo os relatos da época da MWC, o Nexus 6 será parcialmente inspirado no LG G3, sendo descrito pela fonte como uma versão “light” do futuro top de linha da empresa da Coreia. Quanto à data de lançamento do smartphone da Google, tudo o que se sabe é que Sundar Pichai, vice-presidente sênior para Android, Chrome e Apps, afirmou que não haveria novos celulares da linha Nexus na primeira metade de 2014 – excluindo versões Google Play, é claro.

Cupons de desconto TecMundo: