Um dos maiores sonhos de quem assina um serviço de streaming de vídeo, como a Netflix, é poder fazer o mesmo que nos de música, como o Spotify: salvar uma quantidade de conteúdo em um momento que estiver online e com uma boa conexão para, depois ou em outro lugar sem rede, desfrutar do filme ou da série de TV offline.

Não há qualquer indicativo de que isso vá ser implementado na Netflix, mas o CEO da empresa, Reed Hastings, também não disse "nunca" para a possibilidade. Questionado sobre a adoção da prática durante uma conferência com investidores, ele não se fechou à ideia. "Devemos manter uma mente aberta a respeito de tudo isso... enquanto expandimos ao redor do mundo, onde vimos uma quantidade ímpar de redes, é algo que deve manter nossa mente aberta", disse o executivo.

É possível?

Apesar da resposta enigmática de Hastings, ele não citou as dificuldades que isso gera: o download só poderia ser armazenado por pouco tempo, para respeitar direitos autorais, e nem todas as distribuidoras de filmes e séries podem concordar com a prática, o que fragmentaria o catálogo offline do streaming.

A prática seria interessante em países com uma rede não tão estável — ou em nações com limites baixos para internet fixa. O YouTube Red, serviço por assinatura do YouTube que até agora não está disponível no Brasil, permite o armazenamento de vídeos para visualização posterior.

Você gostaria de poder assistir ao conteúdo da Netflix offline? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: