Os navegadores, que antigamente contavam com atualizações esporádicas, agora recebem melhorias e novidades de interface a todo o momento. Isso é uma ótima notícia, uma vez que os softwares estão sempre corrigindo falhas de segurança e trazendo o que há de melhor para o usuário final rapidamente.

Firefox

Porém, você pode ficar com aquela pulga atrás da orelha na hora de atualizar o seu sistema, pesando os prós e contras na hora de escolher uma versão mais nova do navegador. Entre essas dúvidas que surgem, uma que sempre aparece é a dos favoritos e extensões: será que eu vou perder tudo quando instalar o Firefox 4.0, por exemplo?

Para resolver esta questão, nada como o Tecmundo colocar as mãos na massa e fazer este teste de fogo por você. Será um mito ou uma verdade que você perde seus complementos e extensões na hora de instalar uma atualização?

Favoritos sempre no lugar

Para quem usa o Firefox 3.6 e quer realizar um upgrade do sistema para a versão 4.0, pode ficar tranquilo e atualizar sem medo de ser feliz. Isso porque, ao realizar a tarefa, você não perde os dados armazenados em seu navegador.

Favoritos no lugar

Os sites guardados tanto na barra de favoritos quanto no menu podem ser acessados normalmente depois da atualização. Isso porque o próprio sistema do Firefox realiza o backup automaticamente, para depois restaurar as configurações no navegador.

Esse é também o caso do Google Chrome e suas atualizações constantes, que também mantém o sistema do jeito que você escolheu, com todos os links disponíveis na barra. Da mesma forma, seu histórico de navegação permanece intacto, caso você mantenha a opção de armazenar os sites previamente acessados em seu computador.

Entretanto, se mesmo assim você fica na dúvida e quer se precaver, o Firefox conta com uma opção para realizar o backup dos favoritos. Para isso, clique em “Favoritos”, seguido de “Exibir todos os favoritos”. Ali, é possível acessar o botão “importar e backup”, realizando o armazenamento dos dados.

Salvar favoritos por backup

Outra alternativa é usar programas como o Mozbackup, que conta com suporte a diversos navegadores e facilita o armazenamento dos dados. Além disso, você pode encontrar diversas opções específicas para realizar o backup dos dados usados em seu navegador preferido, facilitando o processo.

Extensões é outra conversa!

Se você pode ficar em segurança no que diz respeito aos favoritos do sistema, isso não é uma certeza para as extensões do computador. Claro que, ao atualizar o sistema, todos os aplicativos serão enviados também para o seu “novo” navegador, mas o grande problema está na compatibilidade.

Isso porque não são todos os complementos que podem ser usados em versões atualizadas, especialmente no caso do Firefox 4.0, que foi recentemente lançado com diversas mudanças significativas em seu interior.

Ao executar a atualização no software da raposa, por exemplo, a primeira informação mostrada dirá quais são os complementos que não podem ser mais usados com a mudança. Estes programas são mantidos no sistema, porém estarão desativados.

Extensões incompatíveis

Você pode excluí-los ou aguardar até que eles sejam modificados pelo desenvolvedor, permitindo assim que rodem normalmente no navegador. Portanto, se você possui diversas ferramentas importantes em seu sistema, vale a pena confirmar se elas são compatíveis antes de pensar em fazer a migração para a versão mais recente do Firefox ou Chrome, os dois sistemas que mais se utilizam dessas ferramentas.

Todavia, se você quer atualizar e ainda manter as extensões, é possível “burlar” o sistema e fazer com que algumas delas, mesmo incompatíveis, possam ser usadas no sistema. Acesse aqui essa dica para o Firefox e veja se o processo funciona com os complementos que você usa.

É Mito!

Depois disso, podemos confirmar que o “sumiço” dos complementos e favoritos não passa de mais um mito, preso às antigas atualizações de programas, que reinstalavam todo o software em vez de apenas realizar o update. Porém, não se esqueça de que é preciso ficar de olho quanto à compatibilidade das extensões, já que algumas delas não funcionam em navegadores atualizados.

Cupons de desconto TecMundo: