Nem todas as extensões do Firefox acompanharam a evolução do navegador. Nota-se isto claramente ao tentar instalar no navegador Firefox 3.0 uma extensão compatível apenas com a versão 2.0 do Firefox. Ao efetuar esta tentativa, você visualizará a mesma mensagem contida na figura abaixo.

Mensagem de incompatibilidade

Para você não ter de abandonar suas antigas extensões, há duas maneiras de burlar isto. O Baixaki lhe ensina um passo-a-passo para você ignorar esta restrição, acompanhe:

1º MÉTODO

1) Digite em seu navegador a seguinte frase: about:config

aboutconfig

2) Uma mensagem é exibida informando que você deve ter cuidado. Clique em “Serei cuidadoso, eu prometo!”

Serei cuidadoso

Agora você deve estar visualizando as configurações internas do seu Firefox. Para adicionar uma nova configuração você deve fazer o seguinte:

3) Clique com o botão direito em qualquer área das configurações, e selecione “Nova Opção”. Após isto selecione a opção “Boolean...” e então escreva esta frase: extensions.checkCompatibility

Nova Opção

extensions.checkCompatibility

4) Como na figura abaixo, será solicitado a seleção de um valor. Selecione “False”.

false

Pronto! Seu Firefox 3.0 aceita extensões do Firefox 2.0 e você pode instalá-las normalmente.

2º MÉTODO

Este modo é mais trabalhoso que o primeiro, e inviável também, pois você irá alterar a compatibilidade da extensão e não do navegador. Acompanhe:

1) Renomeie sua extensão colocando como extensão o ZIP. Ou seja de “supert-0.7.9.1-fx+fl.xpi” sua extensão deverá se chamar: “supert-0.7.9.1-fx+fl.zip”.

Renomeando o arquivo

2) Após renomear a extensão, extraia o seu conteúdo para uma pasta qualquer.

Extrair conteúdo

3) Dentro da pasta que você extraiu há um arquivo chamado: “install.rdf”. Abra este arquivo com o Bloco de Notas.

4) Localize no código da extensão a seguinte frase:

 

Ao lado deste dizer deve haver um número, o qual faz referência à versão do navegador com qual a extensão é compatível. Este número deve ser substituído, portanto, apenas apague-o e coloque o seguinte número: 3.0.1.

Altere o valor no arquivo

5) Agora compacte a pasta novamente, transformando-a em um arquivo ZIP.

6) Após compactar, renomeie a pasta colocando a extensão XPI novamente.

7) Instale o complemento normalmente.

Apesar do segundo modo ser muito mais complicado, ele serve como alternativa para usuários que não tenham obtido sucesso com o primeiro método. Vale ressaltar que com o segundo método você terá de modificar o código de toda extensão que você baixe, enquanto que no primeiro modo o trabalho é reduzido, fazendo-se necessário efetuar apenas uma vez o processo de modificação do código do navegador.

Em nossos testes, algumas extensões não funcionaram como deveriam. E tais erros podem ocorrer realmente, pois você está forçando uma instalação que não é recomendada. Portanto, a adição de complementos obsoletos deve ser efetuada por sua conta e risco.

Cupons de desconto TecMundo: