A exploração espacial está prestes a dar mais um passo rumo a Marte. A ambição dos cientistas e pesquisadores até recentemente parava em uma limitação técnica: foguetes pouco potentes para a longa viagem até o planeta vermelho.

Mas isso deve ser superado em breve, pois a NASA, em parceria com a empresa Orbital ATK, está desenvolvendo propulsores capazes de levar a espaçonave do projeto Space Launch System (SLS) até tal destino.

Embora o equipamento deva ser oficialmente anunciado e demonstrado apenas no dia 11 de março, a instituição liberou há poucos dias um vídeo em seu canal do YouTube mostrando partes do processo de produção e testes preliminares desses propulsores.

As gravações, realizadas na base de Promontory, estado de Utah, nos EUA, mostram o recorte de peças, a fabricação e aplicação do material isolante, a alocação do núcleo do foguete, a mistura do explosivo propulsor, a instalação do dispositivo de ignição, entre outras etapas de fabricação.

No final, a filmagem exibe um dos propulsores sendo ligado, gerando aproximadamente 1,5 milhão de quilogramas de força de impulsão, o que seria capaz de fazer com que a nave atinja Mach 3 — o equivalente a 3.675 km/h ou três vezes a velocidade do som —, reduzindo consideravelmente o tempo de deslocamento até Marte.

Cupons de desconto TecMundo: