Imagem de Marte capturada pela Curiosity (Fonte da imagem: Reprodução/NASA)

Você acha que as atualizações do seu Android demoram para serem liberadas? Pois agora você pode citar a NASA quando quiser cobrar as fabricantes de smartphones. A Agência Espacial Norte-Americana enviou uma atualização OTA (Over-the-Air, como a do sistema portátil) para a sonda Curiosity, que está em Marte — uma semana após a chegada dela ao Planeta Vermelho.

Como o sistema de controle foi modificado, a NASA afirmou que isso foi um “transplante de cérebro” para a sonda. Não havia nenhum problema com a versão anterior, mas agora será possível obter melhores resultados nas análises da atmosfera, do solo e de outros objetos que podem ser encontrados por lá.

Por que atualizar?

A NASA explicou, em nota oficial, quais são os motivos para a atualização. "Nós projetamos a missão desde o começo para que fosse possível atualizar o software de acordo com as necessidades de cada fase". O sistema original era voltado às fases de pouso da Curiosity, o que não é mais necessário.

Agora, o software da sonda pode ser voltado à parte da exploração propriamente dita. É possível que, de acordo com as necessidades do futuro, novas atualizações sejam liberadas para a Curiosity, que foi projetada para conseguir informações inéditas sobre a superfície marciana.

Fonte: NASA

Cupons de desconto TecMundo: