Se você curte notícias relacionadas com a exploração espacial, então deve estar por dentro das idas e vindas da sonda espacial Cassini da NASA. Lançado em outubro de 1997, o equipamento tinha como missão estudar Saturno, seus famosos anéis, seus diversos satélites naturais e tudo o que rola nesse sistema planetário, e chegou ao gigante gasoso em meados de 2004, após percorrer por volta de 1,5 bilhão de quilômetros.

E durante esses quase 20 anos de jornada, a Cassini cumpriu com suas tarefas direitinho, descobrindo uma porção de coisas novas sobre Saturno e enviando para a Terra e clicando vislumbres de tirar o fôlego do Senhor dos Anéis do Sistema Solar. Pois, recentemente, a sonda espacial — que está entrando na fase final de sua missão — capturou imagens incrivelmente detalhadas dos anéis do gigante gasoso, e a NASA acabou de divulgar uma seleção delas.

Sem precedentes

De acordo com o pessoal da NASA, as imagens foram capturadas pela Cassini durante uma série de “mergulhos” que a sonda está fazendo enquanto orbita pelo principal sistema de anéis de Saturno. Essa etapa da missão teve início em novembro do ano passado, e o equipamento já concluiu cerca da metade das últimas 20 órbitas que ele deve realizar antes de finalmente se lançar em direção à atmosfera saturniana — e morrer.

Voltando às imagens, apesar de algumas das características mostradas já serem conhecidas pelos astrônomos, as imagens apresentam uma riqueza de detalhes e foram capturadas com uma resolução sem precedentes. Segundo a agência espacial, as imagens mostram objetos com apenas 550 metros de comprimento — ou o equivalente ao tamanho de alguns edifícios aqui na Terra —, o que, em escalas astronômicas, é extremamente pequeno.

Ondinhas

A figura que você pode ver acima, por exemplo, mostra detalhes do anel A, o mais externo do sistema de anéis e que se encontra a cerca de 134,5 mil quilômetros de Saturno. Reparou que ele parece cheio de ondinhas? Essas formações são conhecidas como “ondas de densidade”, que são criadas pela ação da gravidade das luas Janus e Epimetheus e consistem em partículas de gelo que se agregam formando esses padrões.

Detalhes de uma região do anel B

Já a figura que você acabou de conferir mostra uma região do anel B, também um dos mais externos de Saturno, e o nível de detalhe da imagem é duas vezes superior ao de qualquer imagem anterior registrada dessa mesma área. A imagem abaixo mostra outra região do anel A — também com o dobro de detalhes —, e as “pintinhas” mais claras que dá para ver consistem em raios cósmicos e partículas radioativas que foram capturadas pela Cassini.

Partículas energéticas e raios cósmicos

Na realidade, a Cassini já chegou mais pertinho dos anéis de Saturno do que agora, isso quando a sonda chegou ao planeta em 2004. No entanto, como a nave estava viajando rápido demais e o sistema de anéis se encontrava a “contraluz” com relação ao Sol, a qualidade das imagens capturadas na época não era lá aquelas coisas.

Parte do anel B

Desta vez, o equipamento registrou as imagens dos anéis iluminados diretamente e a contraluz com exposições mais longas, e o resultado é esse que você viu nas imagens. Então, no dia 26 de abril, a Cassini vai iniciar sua aproximação a Saturno com uma série de 22 órbitas — até ela mergulhar na atmosfera do planeta no dia 15 de setembro e ser destruída como se um meteoro.

Curiosidade rápida

Você sabe o motivo de a sonda ser destruída, em vez de ser deixada lá vagando pelos anéis ou ser enviada para dar uma bisbilhotada em alguma das luas de Saturno? De acordo com Peter Dockrill, do portal Science Alert, os cientistas acreditam que uma dupla de satélites naturais do gigante gasoso — Titan e Enceladus — oferecem ambientes que poderiam, potencialmente, abrigar formas de vida.

Cassini cometerá suicídio em setembro

Portanto, os astrônomos não querem correr o risco de interferir com o ambiente das luas ou “contaminar” os possíveis organismos alienígenas que poderiam existir por lá com micróbios que eventualmente tenham pegado uma caroninha com a Cassini aqui da Terra — apesar de todos os cuidados tomados antes do lançamento da sonda, e por mais impossível que pareça que essas criaturas tenham sobrevivido à viagem a Saturno.

Cupons de desconto TecMundo: