(Fonte da imagem: Thinkstock)

A Motorola sofreu uma nova derrota nos tribunais. Depois de ver o preço de suas patentes cair vertiginosamente, uma nova decisão diz que a companhia deve pagar US$ 14 milhões (cerca de R$ 30 milhões) à Microsoft por uso indevido de propriedade intelectual.

O processo original, feito em uma corte em Seattle, nos Estados Unidos, afirmava que a companhia da Google não foi justa e compreensiva enquanto negociava uso de patentes sobre propriedades do WiFi e do codec de vídeo H.264 em produtos Microsoft.

A violação de termos da Motorola custou caro: do total, US$ 11 milhões serão pagos porque a Microsoft foi obrigada a mudar um armazém de lugar por causa de uma ordem judicial da rival, e os outros US$ 3 milhões em taxas legais pagas durante o processo.

Um representante da Motorola revelou insatisfação com o resultando, mas ainda há a possibilidade de recorrer da decisão. A Microsoft, que divulgou o resultado por conta própria, chama a vitória de “histórica” para o consumidor.

Cupons de desconto TecMundo: