Uber e 99 reajustam pagamento a motorista para driblar preço de combustível

1 min de leitura
Imagem de: Uber e 99 reajustam pagamento a motorista para driblar preço de combustível
Imagem: Myriam B/Shutterstock
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

*Este texto foi atualizado às 13h38 de 11/09/2021.

A Uber e a 99, principais empresas de transporte por demanda via aplicativo em operação no Brasil, anunciaram reajustes nos pagamentos que fazem aos motoristas como forma de amenizar o impacto da alta no preço do combustível.

Em nota enviada ao TecMundo, a 99 afirma que o ganho dos motoristas deve ter aumento de 10% a 25%.

"O aumento revisa os ganhos dos motoristas parceiros e foi definido levando em consideração a manutenção do equilíbrio da plataforma, para possibilitar que a população continue tendo acesso a um meio de transporte financeiramente viável, seguro e eficiente. Os reajustes serão subsidiados pela 99", diz a empresa.

Segundo a 99, motoristas das cidades de Belo Horizonte e Salvador receberam o reajuste há duas semanas. Agora, a medida passa a valer para outras 20 regiões metropolitanas do país.

Na Uber, o repasse aos motoristas deve ter um acréscimo de até 35% na região metropolitana de São Paulo, de acordo com a CNN Brasil. Outras cidades do país também devem ter reajustes semelhantes.

Nas últimas semanas, o aumento no preço dos combustíveis têm dificultado o trabalho dos motoristas. Usuários dos aplicativos vêm reclamando da escassez de motoristas e do excesso de cancelamentos das corridas.

A Associação de Motoristas de Aplicativos de São Paulo (Amasp) afirma que, desde o início de 2020, 25% dos profissionais da capital paulista deixaram de trabalhar para plataformas.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.