Google desativará versão do Android Auto para celulares

1 min de leitura
Imagem de: Google desativará versão do Android Auto para celulares
Imagem: Tom Kirkpatrick; BMW Group
Avatar do autor

Com seu lançamento cada vez mais próximo, o Android 12 promete animadoras melhorias em diversos aspectos. Além das alterações visuais, contudo, há também a desativação de alguns recursos, como o caso do Android Auto, que não estará mais disponível para celulares na nova versão do sistema operacional.

Lançado ainda em 2014, o Android Auto não tinha uma branda compatibilidade com os veículos da época, sendo vendido mais como um recurso adicional do que uma função, de fato. Para contornar o problema, a Google logo em seguida lançou uma versão independente da ferramenta para celulares, permitindo que os usuários usufruam de suas capacidades em qualquer modelo de automóvel.

No entanto, com o passar do tempo, uma das principais ferramentas do Android Auto, o Google Maps, acabou agregando diversas funções do sistema de navegação e tornou-se o que sua empresa proprietária batizou de "modo de direção do Google Assistente". Assim, a eficiência do aplicativo de mapas superou a necessidade do usuário de ter todo o "conjunto utilitário".

Tela informando que o Android Auto não estará mais disponível para Tela informando que o Android Auto não estará mais disponível para "telas de celular". (Fonte: 9to5 Google / Reprodução)Fonte:  9to5 Google 

Disponibilidade

A mudança já está sendo liberada, gradativamente, para os usuários no aplicativo do Google Maps. Para acessá-la, basta conferir se está utilizando a última versão do software disponível na Play Store e, em seguida, abri-lo no modo de navegação. Adiante, é necessário tocar no símbolo do Google Assistente para conferir a nova interface para o sistema.

Por outro lado, vale ressaltar que o Android Auto ainda estará disponível para painéis de veículos e(ou) seus sistemas de infotainment, conforme sua compatibilidade.