LATAM realiza o primeiro embarque com biometria de Brasília

1 min de leitura
Imagem de: LATAM realiza o primeiro embarque com biometria de Brasília
Imagem: Pixabay/Tumisu/Reprodução

A LATAM realizou nesta quinta-feira (12) o primeiro embarque com reconhecimento facial do aeroporto de Brasília. A companhia área é responsável por 54% dos testes realizados pelo programa Embarque + Seguro, que experimenta a liberação de entrada nas aeronaves com biometria, dispensando documentos e passagem.

O voo LA3293 com destino ao aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, foi o escolhido para apresentar o uso da tecnologia. A LATAM manterá dois voos diários dedicados ao programa piloto até que o embarque biométrico possa ser adotado de forma permanente.

Desde outubro do ano passado, a tecnologia vem sendo testada nos aeroportos de Florianópolis (SC), Salvador (BA), Belo Horizonte (Confins), além da ponte aérea entre os terminais aeroviários de Santos Dumont (RJ) e Congonhas (SP). O programa já realizou o embarque de 2,5 mil passageiros em 150 voos da LATAM, Gol e Azul.

Como funciona o embarque com reconhecimento facial

Embarque facial biométrico dispensa a apresentação de documentos e bilhete aéreo. (Fonte: LATAM/Divulgação)Embarque facial biométrico dispensa a apresentação de documentos e bilhete aéreo. (Fonte: LATAM/Divulgação)Fonte:  LATAM/Divulgação 

Ao realizar o check-in nos voos e aeroportos que fazem parte do programa Embarque + Seguro, o passageiro é convidado a cadastrar seus dados pessoais para entrar na aeronave com o reconhecimento facial. Após a concordância, uma mensagem é enviada para o celular informado pelo viajante, que deve autorizar a coleta de seus dados, incluindo CPF e uma foto.

O atendente da companhia aérea, então, realiza a validação do passageiro a partir do aplicativo do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), comparando os dados e a foto tirada na hora com a base de informações do governo.

Com o registro validado no programa, o viajante pode ingressar na aeronave passando pelo controle biométrico. O programa atende todas as normas estabelecidas pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que garante a proteção total dos dados dos usuários, afirma a companhia.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.