Autopilot da Tesla pode ser enganado para funcionar sem motorista

1 min de leitura
Imagem de: Autopilot da Tesla pode ser enganado para funcionar sem motorista
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O Autopilot, sistema de direção automatizada da Tesla, pode ser enganado para funcionar sem que ninguém esteja sentado no banco do motorista, condição exigida para o acionamento seguro da ferramenta. É o que afirmam engenheiros da Consumer Reports (CR), organização sem fins lucrativos dedicada a testes de produtos nos Estados Unidos.

Em um teste divulgado nesta quinta-feira (22), dois integrantes da entidade conseguiram realizar várias viagens em uma pista particular usando um Tesla Model Y com o piloto automático acionado e o assento do motorista vazio. De acordo com eles, o sistema não exibiu alerta de ausência do condutor em nenhum momento.

Na demonstração, que você pode ver no vídeo abaixo, um dos engenheiros da CR prendeu uma corrente pesada ao volante para simular a pressão das mãos do motorista, manteve o cinto de segurança afivelado e saltou para o banco do passageiro. De lá, ele acionou o Autopilot através de um botão no volante e a tecnologia assumiu a direção do carro sem notar a ausência do condutor.

“Em nossa avaliação, o sistema não só falhou em garantir que o motorista estava prestando atenção, mas também não conseguiu dizer se havia um motorista ali”, comentou o diretor sênior de testes de automóveis da CR Jake Fisher. Ele afirmou ainda que a Tesla está “ficando para trás” em relação à GM e à Ford, cujos sistemas de assistência ao condutor exigem o condutor olhando atentamente para a estrada.

Sem resposta da montadora

A fabricante de carros elétricos não respondeu aos contatos da organização formada por consumidores para comentar a respeito da falha identificada pelos pesquisadores no piloto automático dos automóveis fabricados por ela.

Vale lembrar que a montadora tem sido bastante questionada sobre o sistema nos últimos dias, devido a um acidente que matou duas pessoas em um Tesla Model S no Texas, no último sábado (17), supostamente conduzido pelo piloto automático, algo contestado por Elon Musk.

Autopilot da Tesla pode ser enganado para funcionar sem motorista