Como é trocada a bateria de um carro elétrico após 10 anos?

2 min de leitura
Imagem de: Como é trocada a bateria de um carro elétrico após 10 anos?
Imagem: Fully Charged Show/Reprodução
Avatar do autor

A popularização dos carros elétricos no mundo criou uma dúvida na cabeça dos novos proprietários: como trocar a bateria do veículo quando ela não oferece mais uma boa autonomia? A questão tem sido respondida gradualmente, e as empresas já têm encontrado formas para executar esse serviço da melhor maneira.

Uma oficina mecânica na cidade de Cheltenham, no oeste da Inglaterra, se especializou em realizar a troca das peças justamente do Nissan Leaf, um dos elétricos mais populares do mundo da última década e que sofre com a falta de baterias de reposição.

A partir de uma parceria com uma empresa holandesa, a companhia tornou o procedimento viável e ainda deu mais autonomia aos novos modelos instalados. O serviço foi mostrado em um vídeo, no YouTube, que foi publicado na semana passada pelo canal Fully Charged Show. Matt Cleeverly, proprietário da Cleeverly EV, explicou como é realizado o procedimento.

Carro elétrico

Primeiro, ele contou que a troca de baterias não era um serviço que a mecânica estava acostumada a fazer. Contudo, nos últimos anos os clientes começaram a perguntar sobre e ele decidiu investigar como fazer o trabalho.

O especialista explicou que o processo não é tão simples porque há um sistema de comunicação entre a bateria e o carro. Esse software de gerenciamento se comunica com o resto do carro e é “editado” para se adaptar à nova peça.

“Normalmente, as baterias trocadas são da primeira geração, que estão em um estado pior do que as das gerações seguintes. Elas estão em uso há cerca de 10 anos no Nissan Leaf”, contou.

Mãos à obra

Todo o processo de troca de baterias dura entre 3 e 4 horas. Os profissionais checam a qualidade do item original e produzem um relatório, anotando as condições das células.

Depois disso, é instalada no carro uma peça que tem conexão em rede. Ela captura dados da bateria que são enviados para a empresa holandesa Muxsan, parceira da oficina de Cleeverly. A companhia da Holanda reestrutura os dados – que fazem justamente a interação com o veículo – e reenvia as informações para a Inglaterra.

Carro elétrico

“Enquanto eles fazem a modificação, nós tiramos a bateria antiga do carro, com ajuda da rampa, e colocamos a nova, que se encaixa da mesma forma que a anterior”, relatou Cleeverly.

O dono da oficina mecânica também contou que na instalação é trocada a voltagem da comunicação da bateria. O processo de substituição da fiação e soldagem é o mais longo de toda a mão de obra.

Detalhes

A troca de bateria do Nissan Leaf tem, entre os benefícios, uma maior autonomia. O veículo pode sair dos 24 kWh de capacidade de armazenamento para 40 kWh.

O custo desse trabalho pode ser considerado um pouco salgado, chegando a cerca de 8,5 mil libras esterlinas (cerca de R$ 65 mil na conversão direta).

Carro elétrico

Cleeverly salientou, ainda, que eles colocam a bateria à disposição do cliente, caso ele queira levar para casa. Os equipamentos que não são levados farão parte de um projeto de um armazém que está sendo planejado pela empresa.

Em um cenário em que tem sido muito difícil encontrar baterias de Nissan Leaf no mundo, como a loja consegue esse feito? O especialista explicou que elas são captadas de carros batidos ou muito danificados, mas cujas baterias permaneceram em boa qualidade.

Como é trocada a bateria de um carro elétrico após 10 anos?