Xiaomi lançará carro elétrico com nova divisão de US$ 1,5 bilhão

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi lançará carro elétrico com nova divisão de US$ 1,5 bilhão
Imagem: Mateus Mognon/Montagem
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Xiaomi confirmou que está fazendo um carro elétrico e lançará o veículo como parte de uma nova divisão da marca focada em EVs. A sucursal responsável pelo projeto será chefiada por Lei Jun, atual CEO da gigante chinesa, e receberá um investimento inicial de US$ 1,5 bilhão, de acordo com um comunicado da firma.

A informação foi revelada publicamente por David Liu, que comanda as redes sociais da companhia. "Sim, nós vamos construir um carro elétrico", disse o executivo.

"Para mais informações, não percam nosso evento que será realizado hoje", ressaltou Liu. A fabricante chinesa trará mais detalhes sobre o carro elétrico em uma apresentação que será realizada em breve, mas já forneceu algumas informações em um comunicado oficial.

US$ 10 bilhões em investimentos

De acordo com a fabricante, a nova divisão focada em carros elétricos vai receber um investimento de aproximadamente US$ 10 bilhões durante os próximos 10 anos. "A Xiaomi pretende oferecer veículos elétricos de qualidade que eixarão qualquer pessoa no mundo aproveitar uma vida inteligente a qualquer hora, em qualquer lugar", disse o comunicado.

A companhia não foi além da confirmação do projeto, mas uma reportagem da Reuters revelou detalhes que podem estar ligados à fabricação do veículo. De acordo com as informações, a Xiaomi pode fechar uma parceria com a montadora Great Wall Motor e lançar seu primeiro carro elétrico na China em 2023.

Enquanto a empresa não deu estimativas de quando veremos o "Mi Car" nas ruas, a tendência é que a competição no setor de EVs aumente nos próximos anos. Além da Xiaomi, empresas como Huawei e Apple também estão interessadas nesse setor.

Xiaomi lançará carro elétrico com nova divisão de US$ 1,5 bilhão