Monólito de Utah vira carregador para Jeep híbrido em anúncio

1 min de leitura
Imagem de: Monólito de Utah vira carregador para Jeep híbrido em anúncio
Imagem: Instagram/Jeep
Avatar do autor

O “monólito de Utah” movimentou a internet nos últimos dias, após surgir misteriosamente no deserto americano e ser replicado na Romênia, gerando as mais variadas teorias sobre a sua origem. Aproveitando a repercussão, a Jeep usou a estrutura de metal na sua mais nova ação de marketing para promover o Wrangler 4xe 2021.

Divulgada nas redes sociais da montadora na última quinta-feira (3), a peça publicitária traz o já desaparecido monólito de Utah como uma estação de carregamento para o veículo. A imagem ainda brinca com a suposta origem extraterrestre do objeto, inserindo a mensagem “O novo plug-in híbrido Jeep Wrangler estará fora deste mundo”.

E a brincadeira deu certo. Segundo o site Adweek, a postagem no perfil do Facebook da Jeep alcançou mais de 102 mil reações em menos de 24 horas, recorde do ano, além de ter gerado o maior número de compartilhamentos (mais de 28 mil, no momento) e a segunda maior quantidade de comentários.

Já no Instagram, a postagem foi a terceira mais curtida de 2020 no perfil, tendo alcançado 291 mil likes até agora e mais de 3 mil comentários. O sucesso também foi grande no Twitter, com 3,6 mil curtidas, mais de 460 compartilhamentos e 335 comentários, colocando o post como o terceiro de maior alcance da marca no ano.

Coletivo assume autoria do monólito

O uso do monólito de metal para divulgar o novo Wrangler 4xe levou algumas pessoas a pensar que a Jeep tenha sido a responsável por colocar a peça no deserto de Utah. No entanto, a autoria da montadora logo foi descartada.

A estrutura misteriosa foi obra do coletivo de artistas The Most Famous Artist, que assumiu a construção e a instalação da peça. Desde a última sexta-feira (4), o grupo sediado no estado do Novo México, nos EUA, tem divulgado fotos da produção do objeto, além de afirmar que qualquer pessoa pode ter o seu próprio monólito por US$ 45 mil.