'Uber sem motorista' da Google volta a funcionar nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: 'Uber sem motorista' da Google volta a funcionar nos EUA
Imagem: Waymo via CNET
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A empresa Waymo, anteriormente conhecida como "Projeto de Carro Autônomo do Google", anunciou na última terça-feira (6) que retomará o serviço de táxis totalmente autônomos para o público na região de Phoenix, EUA. A companhia parte da Alphabet INC, dona da Google, proverá o serviço por meio do aplicativo Waymo One, que estava indisponível devido à pandemia. O serviço estava sendo anteriormente testado com alguns passageiros limitados, sob acordo de confidencialidade.

Minivan autônoma "Pacifica", da Waymo, em operação. (Fonte: Waymo via CNET / Reprodução)Minivan autônoma "Pacifica", da Waymo, em operação. (Fonte: Waymo via CNET / Reprodução)Fonte:  Waymo via CNET 

A Waymo confirmou, durante seu comunicado, que inicialmente todas as viagens serão feitas de maneira totalmente autônoma, sem a presença de um motorista ou condutor de segurança. Contudo, ela adotará uma abordagem mais cautelosa, liberando gradativamente o serviço para o público, começando pelos usuários já cadastrados no programa — que também já possui previsão para aumentar sua capacidade de usuários.

O serviço atualmente opera em uma área de apenas 130 km² (Curitiba, por exemplo, tem 432 km² e São Paulo chega 1,5 mil km²), e estava pausado devido à pandemia do COVID-19. Por esse motivo, a Waymo tomará medidas de precaução ao retomá-lo, como separar os bancos frontais e traseiros, a fim de minimizar o contato e possível transmissão do novo coronavírus.

Segundo a empresa, após esse processo, será possível expandir a frota com veículos autônomos também com a presença de condutores de segurança, para casos de emergência, facilitando o acesso do público ao serviço.

Fontes

'Uber sem motorista' da Google volta a funcionar nos EUA