Volocopter abre reservas para táxi voador elétrico e autônomo

1 min de leitura
Imagem de: Volocopter abre reservas para táxi voador elétrico e autônomo
Imagem: eVTOL/Reprodução
Avatar do autor

A Volocopter, fabricante alemã de aeronaves, anunciou a pré-venda de passagens em seu serviço de táxis aéreos, nomeado VoloCity. A fabricante não determinou uma data ou local exatos para o lançamento comercial do serviço, mas estipulou um prazo de 2 a 3 anos para que os táxis aéreos entrem em operação.

Durante a pré-venda, denominada VoloFirst, serão oferecidas apenas mil reservas. Cada viagem tem a duração aproximada de 15 minutos e, neste primeiro momento, vai custar €300 (cerca de R$ 1.858, em conversão direta). O cliente que quiser garantir seu passe, deverá se cadastrar na plataforma da empresa e depositar 10% do valor antecipadamente. 

Com isso, assim que o serviço começar a funcionar, ele terá um prazo de 12 meses para utilizar sua reserva. Entre as vantagens oferecidas na pré-venda, está a entrega de um certificado personalizado e um vídeo com os registros da viagem.

Táxis aéreos e autônomos

Segundo a Volocopter, todos os táxis de sua frota serão elétricos e autônomos. E não é para menos, afinal, a empresa realizou o primeiro voo tripulado de um multicóptero totalmente elétrico em 2011. Seis anos depois, foi responsável por um dos primeiros voos autônomos do mundo, com o modelo eVTOL.

A expectativa da fabricante é que, em apenas alguns anos de atuação, a VoloCity popularize a utilização de táxis aéreos como uma forma de locomoção nas cidades. Antes disso, no entanto, a Volocopter deve conseguir a certificação final para a sua frota — o que impossibilitou a divulgação de uma data exata para o início das operações.

Apesar de ter um papel importante, a Volocopter não é a única empresa que está desbravando o novo mundo de táxis aéreos. Outros nomes que já se lançaram neste mercado incluem EHang, Lilium, Airbus e a Quantum Air.

Volocopter abre reservas para táxi voador elétrico e autônomo