Waymo: carros e caminhões autônomos não vão roubar seu emprego

1 min de leitura
Imagem de: Waymo: carros e caminhões autônomos não vão roubar seu emprego
Imagem: Waymo
Avatar do autor

A Waymo, empresa de pesquisa e desenvolvimento de sistemas para veículos autônomos, não acredita que a chegada de automóveis e caminhões com piloto automático vai tirar totalmente o emprego de motoristas profissionais. De acordo com o Tilt, é esse o pensamento defendido pela gerente de produto da marca, Sugandha Sangal.

A executiva defendeu que a ideia dessa e de outras empresas que pesquisam no setor, como a Uber, não é tirar pessoas de seus negócios, mas sim oferecer segurança a partir de uma modalidade alternativa de transporte. O chamado "motorista mais seguro do mundo", que é o sistema automatizado, deve conseguir levar pessoas e cargas de um ponto a outro de um modo mais protegido do que o atual, feito por humanos.

A fala foi realizada em um webinar da Innovalab, um evento online com executivos e especialistas das áreas de tecnologia e inovação. A ideia é oferecer uma plataforma por aplicativo que sirva à necessidade do cliente, seja ela transportar a si mesmo ou enviar pacotes e cargas.

Sangal não detalhou de que forma será possível manter motoristas humanos e sistemas inteligentes coexistindo no mercado, já que a ideia é substituir frotas inteiras de caminhões e carros com motoristas particulares. Ao falar sobre o mercado de logística e envio de grandes cargas, entretanto, ela citou que foi detectada uma redução na quantidade de motoristas humanos no setor, o que significa que o mercado pode não sofrer tanto quanto o esperado e que uma demanda seria preenchida pelas máquinas.

A Waymo é uma companhia que pertence à Alphabet, corporação que gerencia também a Google e outras marcas paralelas. Em 2019, testes do serviço de transporte começaram no Arizona, nos Estados Unidos, além da realização de diversas simulações.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Waymo: carros e caminhões autônomos não vão roubar seu emprego