Uber recomeça testes com veículos autônomos em São Francisco

1 min de leitura
Imagem de: Uber recomeça testes com veículos autônomos em São Francisco
Avatar do autor

A Uber recomeça seu período de testes com veículos autônomos nas ruas de São Francisco, Califórnia, Estados Unidos, após hiato de dois anos. Interrompido pelo envolvimento em um acidente fatal com um pedestre, os carros autônomos retornam ao estado estadunidense com agentes de segurança e novas normas para exercer a atividade.

Começando na última terça-feira (10), os testes durarão algumas poucas semanas. O Volvo XC90, o SUV autônomo utilizado pela companhia, tem software e hardware adaptado para trafegar sem auxílio de motorista pelas ruas de São Francisco. Contudo, os testes não transportarão passageiros do app.

Além da Califórnia, a Uber também retorna às ruas de Pitsburgo, em Dallas; Washington, DC e Toronto. Contudo, São Francisco e Pitsburgo serão as únicas com o piloto automático no controle da SUV. Nesses casos, os veículos serão tripulados por dois funcionários do Uber acomodados nos bancos da frente e só circularão durante o dia em ruas selecionadas.

(Fonte: Uber/Divulgação)

“Nossa área de teste será limitada para começar”, disse a porta-voz da Uber. “Mas nós nos esforçaremos nos próximos meses para aprender com as maiores dificuldades que trafegar na Bay Area podem trazer”, completa com entusiasmo.

Acidente no Arizona

Em março de 2018, um veículo autônomo da Uber se envolveu em um acidente fatal que matou Elaine Herzberg, que atravessou a rua em uma bicicleta vermelha. Naquela noite, a única agente abordo do veículo estava distraída no telefone celular — mesmo que sentada ao volante.

Durante o processo na justiça norte-americana, o governo federal foi culpabilizado por não regularizar o mercado de veículos autônomos a tempo. Assim, a Uber foi inocentada de qualquer irregularidade criminal e fechou um acordo de quantia não divulgada com a família de Elaine.

Nove meses depois, os testes de veículos autônomos recomeçaram em Pitsburgo em um trajeto extremamente limitado para fornecer material de estudo para o Uber Advanced Technologies Group aprimorar seu sistema. Atualmente, o projeto já está na segunda geração de veículos, mas a Uber já divulgou que a terceira geração será testada ainda em 2020.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Uber recomeça testes com veículos autônomos em São Francisco