Tesla culpa motorista por acidente fatal envolvendo carro da empresa

1 min de leitura
Imagem de: Tesla culpa motorista por acidente fatal envolvendo carro da empresa
Avatar do autor

Tesla culpou, em um comunicado emitido nesta quarta-feira (11), o motorista Walter Huang, que faleceu, pelo acidente fatal envolvendo um Model X que aconteceu mês passado, no estado americano da Califórnia. A empresa está envolvida no caso desde que foi confirmado que o modo Autopilot do carro, responsável por automatizar algumas funções da direção, estava ligado durante a batida em uma divisão de concreto da rodovia.

“A única maneira desse acidente ter acontecido é se o Sr. Huang não estivesse prestando atenção à pista, apesar do carro ter emitido vários alertas para que ele fizesse isso”, disse a Tesla. A companhia começou a defender publicamente o próprio sistema após a família da vítima informar que contratou um escritório de advocacia para analisar a possibilidade de entrar na justiça.

Acidente de automóvel.Carro envolvido no acidente era um Model X.

Em sua defesa, a empresa liderada por Elon Musk diz que as mãos do motorista não estavam na direção durante os seis segundos anteriores ao momento da batida. O caso ainda está sendo analisado pela National Transportation Board, organização independente responsável por investigar acidentes com automóveis nos EUA.

Na semana passada, um vídeo publicado no YouTube mostrou que o local do acidente realmente causa alguma confusão nos carros da Tesla. O Autopilot parece não diferenciar bem as faixas da esquerda e da direita quando elas se dividem e tende a puxar o carro para o lado esquerdo, em direção a uma mureta. No vídeo, o motorista precisa assumir rapidamente o controle do carro para evitar um acidente, algo previsto nas recomendações de uso do modo Autopilot.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Tesla culpa motorista por acidente fatal envolvendo carro da empresa