A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vem passando por mudanças e agora tem mais uma pela frente: o Conselho Nacional de Trânsito deve publicar ainda nesta semana uma resolução para substituir o atual modelo, de papel, para um cartão de plástico com chip. A novidade deve ser implantada até janeiro de 2019, prazo final para a adaptação dos Detrans estaduais.

Os atuais modelos serão aceitos normalmente e as trocas serão efetuadas gradualmente com as renovações

“Mas como ficam as atuais CNHs? Serei obrigado a atualizá-las imediatamente?” Calma, todos os documentos válidos atualmente continuam funcionando. Eles serão trocados na hora da renovação. Ainda não há dados sobre possíveis diferenças de valor para a primeira via ou atualização.

cnh carteira de habilitação

O governo afirma que a medida serve para diminuir as fraudes e aumentar a durabilidade. Além disso, o formato de smart card permite gravar informações a laser e integrar rede universal de serviços, como pagamento de pedágio e de ônibus ou metrô; controle de acesso a prédios públicos e identificação biométrica.

Mudanças já vêm ocorrendo desde o final do ano passado

O governo brasileiro finalmente vem levando a documentação básica de vários serviços para a era digital, o que pode aumentar a segurança, integrar ações e, o mais importante, diminuir a burocracia para quem quer fazer a primeira ou retirar a segunda via.

Identificação Civil Nacional vai reunir o RG, o Título de Eleitor e o CPF

A CNH já teve seu visual repaginado e recebeu um QR-Code, para a checagem agilizada dos dados por meio de leitura com a câmera do smartphone. Depois, ganhou uma versão para app e agora passa por mais essa alteração, que é a mais interessante delas.

O Título de Eleitor já possui seu próprio aplicativo, assim como a Carteira de Trabalho. Fica agora a expectativa com relação à implantação da Identificação Civil Nacional (ICN), credencial com chip que vai usar dados biométricos e civis dos brasileiros e vai servir como substituto único do Registro Geral (RG), do Título de Eleitor e do Cadastro de Pessoa Física (CPF).