A Uber ainda não encontrou um CEO desde que Travis Kalanick saiu da posição, mas parece que essa situação está prestes a mudar: a companhia está considerando chamar Jeff Immelt para comandar a companhia em sua árdua tarefa de se recompor.

Immelt tem em seu currículo uma passagem como CEO e chairman da GE e é o candidato mais cotado entre três que foram contatados pela empresa. De acordo com o site Recode, o conselho de diretores da Uber acredita que o executivo é o mais capacitado para reverter de forma rápida a cultura tóxica que tomou conta da empresa, motivando funcionários e resolvendo todos os imbróglios judiciais que a companhia enfrenta atualmente.

No entanto, existe uma distância entre querer e poder: além de depender de uma resposta da parte de Immelt também, os outros dois candidatos (que não foram revelados) ainda estão sendo considerados. A votação que vai definir a escolha da Uber será feita pelo conselho dentro de duas semanas.

O ex-CEO da GE é conhecido por ser linha dura em suas decisões e isso conta muito a seu favor – principalmente com os rumores de que Travis Kalanick está tentando manipular contatos dentro da Uber para tentar voltar ao poder. Foi Immelt, inclusive, que liderou a empreitada da GE para a indústria digital.

No fim das contas, pode ser exatamente esse perfil de executivo que a Uber precisa para se recuperar.