Round 6: quem ganhou o reality show polêmico da Netflix?

Imagem de: Round 6: quem ganhou o reality show polêmico da Netflix?
Imagem: Netflix

Após 10 emocionantes episódios e três intensas semanas de exibição, o polêmico reality show Round 6: O Desafio (Squid Game: The Challenge), inspirado na série sul-coreana Round 6 (Squid Game), finalmente teve o seu aguardado desfecho. A Netflix revelou o grande vencedor durante o episódio final da primeira temporada, que foi ao ar nessa quarta-feira (6).

O confronto, que colocou 456 participantes uns contra os outros em uma busca desenfreada por um prêmio de U$ 4,56 milhões, ecoou o universo selvagem e distorcido da série criada por Hwang Dong-hyuk.

A competição não se limitou a replicar os desafios do drama sul-coreano, mas introduziu provas inéditas, mantendo a essência do seriado original, em que a derrota em jogos infantis significava uma eliminação impiedosa e mortal (no reality, é claro, não houve riscos à vida).

Na reta final de Round 6: O Desafio, acompanhamos os três finalistas: Sam Wells (Jogador 016), Mai Whelan (Jogador 287) e Phill Cain (Jogador 451). Antes do clímax, o cenário estava definido para uma batalha épica pelo prêmio recorde.

O desfecho da competição foi decidido por um jogo de "Pedra, Papel e Tesoura," em que a estratégia e a sorte desempenharam papéis cruciais. Após uma rodada intensa de escolhas, Mai Whelan conquistou o prêmio tão cobiçado.

O caminho até o triunfo foi marcado por reviravoltas dramáticas e jogadas estratégicas. O jogo "Círculo de Confiança," exclusivo de Round 6: O Desafio, destacou-se como um ponto crucial. Nove competidores vendados foram colocados em torno de uma mesa com uma caixa de presente, desafiados a revelar as alianças e traições. Phill Cain mostrou-se um mestre ao desvendar as artimanhas do jogo, eliminando adversários com astúcia.

Mai Whelan, figura controversa desde a fase dos dados, ingressou no "Círculo de Confiança" sob a desconfiança de muitos. Entretanto, sua habilidade de navegar pelo jogo e superar acusações infundadas a levou ao seleto grupo dos três finalistas.

O desfecho épico não apenas coroou Mai Whelan como a vencedora, mas também revelou os planos altruístas da moça. Em uma reviravolta surpreendente, Mai anunciou que pretendia destinar a premiação para sua casa de repouso, refletindo não apenas uma vitória pessoal, mas um gesto de generosidade.

Além disso, a vitoriosa expressou sua intenção de doar parte do prêmio restante para causas beneficentes. Gesto que ressoou bem com a audiência, destacando não apenas a tenacidade de Mai no jogo, mas também seu compromisso com algo maior.

A primeira temporada de Round 6: O Desafio, apesar de receber algumas críticas e ter gerado certas polêmicas, deixou sua marca na Netflix. Não à toa, o reality já foi renovado para uma segunda temporada, que ainda não tem data de estreia.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.