Aquaman 2: Amber Heard quase foi cortada do filme; entenda motivo!

Imagem de: Aquaman 2: Amber Heard quase foi cortada do filme; entenda motivo!
Imagem: IMDb

Amber Heard quase não pode repetir o papel de Mera em Aquaman e o Reino Perdido. De acordo com um relatório do site Puck, a Warner Bros. estava receosa de trazer a atriz para a sequência, apesar do sucesso de bilheteria do primeiro longa.

Segundo o relatório publicado, Walter Hamada, presidente da DC Films, prestou um depoimento de três horas sobre esta questão como parte do caso Depp. Hamada teria afirmado que o motivo para não trazer Heard para a sequência seria a falta de química com Jason Momoa.

Já a equipe de Heard afirma que o escândalo envolvendo seu relacionamento com Johnny Depp teria sido o verdadeiro motivo. O depoimento de Hamada não é público, mas os advogados de Depp estão planejando apresentá-lo no julgamento. Heard também afirma não ter conseguido renegociar seu pagamento para a sequência para um valor mais lucrativo.

Esse tipo de renegociação é comum quando o primeiro filme tem um bom desempenho nas bilheterias mundiais. Aquaman teve uma arrecadação de US$ 1,1 bilhão e uma aprovação de 65% dos críticos e de 75% do público no Rotten Tomatoes.

Amber Heard em 'Aquaman 2'.Amber Heard em 'Aquaman 2'.Fonte:  IMDb 

Entenda o caso

Depp e Heard estão travados em batalhas legais há vários anos depois que Heard se divorciou de Depp e obteve uma ordem de restrição temporária contra ele em maio de 2016. A situação piorou depois que a atriz escreveu um artigo no Washington Post falando sobre violência doméstica e foi processada pelo ex-marido. Recentemente, ela foi às mídias sociais para agradecer aos seus fãs pelo apoio durante os processos.

“Vou ficar offline pelas próximas semanas. Como vocês devem saber, estarei na Virgínia, onde enfrentarei meu ex-marido Johnny Depp no tribunal”, escreveu Heard. “Johnny está me processando por um artigo de opinião que escrevi no Washington Post, no qual contei minha experiência de violência e abuso doméstico. Eu nunca o nomeei, mas escrevi sobre o preço que as mulheres pagam por falar contra os homens no poder. Eu continuo pagando esse preço, mas espero que quando este caso terminar, eu possa seguir em frente e Johnny também”.

Aquaman e o Reino Perdido chega aos cinemas em 17 de março de 2023.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.