Liga da Justiça: origem, principais super-heróis e curiosidades

Imagem de: Liga da Justiça: origem, principais super-heróis e curiosidades
Imagem: DC Comics

A Liga da Justiça é hoje o principal grupo de heróis dos quadrinhos da DC Comics, e um dos mais populares na cultura geek. O super time foi formado para unir as principais forças das histórias contra ameaças gigantescas, mas sua formação já teve algumas variações bastante improváveis — incluindo alguns vilões. Porém, ao contrário do que é comum pensar, ele não foi o primeiro grupo de heróis.

Na verdade, a Liga da Justiça é uma versão alternativa da Sociedade da Justiça, este sim o primeiro grupo de super-heróis das histórias em quadrinho. A Sociedade fez sua estreia na HQ All Star Comics #3 (1941) e foi formada por Sr. Destino, Lanterna Verde (Alan Scott), Flash (Jay Garrick), Homem-Hora, Sandman (uma versão anterior a de Neil Gaiman), Gavião Negro, Átomo, e Espectro.

A Sociedade da Justiça. Da esquerda para a direita: Átomo, Sandman, Espectro, Flash, Gavião Negro, Sr. Destino, Lanterna Verde e Homem-Hora.A Sociedade da Justiça. Da esquerda para a direita: Átomo, Sandman, Espectro, Flash, Gavião Negro, Sr. Destino, Lanterna Verde e Homem-Hora.Fonte:  DC Comics 

Durante a década de 1950, a DC decidiu criar uma segunda versão do Flash (Barry Allen), que passou a existir em um universo diferente daquele no qual havia o Jay Garrick. Com isso, a editora pode trabalhar com versões alternativas de seus personagens (uma desculpa editorial para trazer de volta os heróis que morressem) e graças aos seus poderes, o Flash era capaz de viajar entre esses universos.

A partir disso, a Liga da Justiça surgiu como um novo supergrupo, inspirado na Sociedade, mas com os principais heróis da DC: Aquaman, Caçador de Marte, Flash (Barry Allen), Lanterna Verde (Hal Jordan) e Mulher-Maravilha. Batman e Super-Homem foram adicionados posteriormente a pedido da editora, por serem os personagens mais famosos. A primeira aparição da Liga nos quadrinhos aconteceu em 1960, em The Brave and the Bold#28, durante a Era de Prata como uma criação do roteirista Gardner Fox.

Principais heróis

A DC já utilizou todos os seus principais personagens na Liga, mesmo que temporariamente, como Superman, Batman, Aquaman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde, Flash, Caçador de Marte, Arqueiro Verde, Canário Negro, Gavião Negro, Mulher Gavião, Homem-Elástico e Ciborgue. Ao longo das décadas, diferentes roteiristas repensaram o grupo, tiraram membros importantes e os substituíram por personagens menores e até mesmo alguns dos vilões apareceram para enfrentar algumas ameaças. Um dos casos mais recentes aconteceu na série Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida.

Nesta história, Maxwell Lord (um dos primeiros vilões da Liga) usa o Coração das Trevas para infectar os heróis e apenas o Batman consegue escapar. Para conseguir deter o grupo, o Vigilante de Gotham decide recorrer aos integrantes do Esquadrão: Pistoleiro, Arlequina, Crocodilo, Capitão Bumerangue, Nevasca e Lobo. Lex Luthor e Capitão Frio também fizeram parte da Liga, durante os Novos 52 (relançamento de histórias da DC que aconteceu a partir de 2011).

Liga da Justiça Sombria.Liga da Justiça Sombria.Fonte:  Dc Comics 

Outra versão diferente e que se tornou bastante popular é a Liga da Justiça Sombria. O grupo apareceu pela primeira vez em 2011 durante os Novos 52, com o objetivo de combater ameaças sobrenaturais. Assim como acontece com o time principal, esta equipe teve diversos membros, mas sua origem conta com John Constantine, Zatana, Desafiador, Orquídea Negra, Shade e Monstro do Pântano. O sucesso da equipe foi tão grande, que ela retornou com o Renascimento (relançamento atual das HQs da DC), e terá uma série live-action que será lançada no HBO Max, ainda sem data confirmada.

Outras mídias

Além dos quadrinhos, a Liga já apareceu diversas vezes em jogos de videogame, filmes e, principalmente, animações. Uma das produções mais famosas é o filme dirigido por Zack Snyder, que foi lançado em 2021 no HBO Max. A produção teve uma polêmica envolvendo o cineasta, que foi demitido durante as filmagens, sendo substituído por Joss Whedon. Durante muito tempo, Snyder afirmou que o filme lançado era diferente da sua ideia original, o que fez com que os fãs se engajassem para que a DC liberasse o corte original do filme.

A Liga da Justiça de Zack Snyder.A Liga da Justiça de Zack Snyder.Fonte:  IMDb 

Nas animações, Liga da Justiça: Ponto de Ignição é uma das adaptações mais populares. A história é baseada no arco Flashpoint, quando Flash volta no tempo para salvar a sua mãe, mas como consequência, isso acaba mudando a maneira como as coisas aconteceram e dá origem a uma guerra que acabaria com o planeta. Nesta história, mesmo tentando consertar o seu erro, o Flash dá origem ao multiverso novamente (esta história será adaptada aos cinemas também). A Liga também já precisou enfrentar os Jovens Titãs em uma animação de 2016, quando Trigon, o pai de Ravena, consegue dominar os heróis do grupo.

A Liga da Justiça não se tornou apenas o maior grupo de heróis das HQs, mas também serviu para redefinir a maneira como as histórias poderiam trabalhar com seus personagens. Ela se tornou referência no mundo dos quadrinhos , além de ter criado algumas das mais importantes revistas da DC e ter passado pela mãos de grandes escritores e desenhistas. Você já conhecia o grupo? Qual a sua história favorita? Conte para nós nos comentários.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.