Netflix anuncia expansão de produções japonesas com 50 novos títulos; veja!

Imagem de: Netflix anuncia expansão de produções japonesas com 50 novos títulos; veja!
Imagem: Netflix

Em entrevista concedida nesta última quarta-feira (10) para o The Hollywood Reporter, Kaata Sakamoto, chefe de conteúdo da Netflix no Japão, revelou um grande projeto de expansão da plataforma de streaming em terras orientais, confirmando planos para pouco mais de 50 produções originais, previstas para serem lançadas até 2023.

O anúncio foi feito durante um evento de dois dias em Tóquio, palco utilizado pelos empresários da Netflix para divulgar o desenvolvimento de produções japonesas, e contou com a participação exclusiva do renomado diretor Hirokazu Kore-eda, vencedor da Palma de Ouro de Cannes e nomeado ao Oscar pelo filme Shoplifters.

Segundo o cineasta, uma série e um longa-metragem já estão sendo encomendados pelo streaming e irão marcar sua estreia à frente de conteúdos originais para o modelo de distribuição digital.

“Netflix e eu estamos nos unindo para criar uma série dramática e um filme de grande orçamento que é diferente de meus trabalhos anteriores”, disse Kore-eda, garantindo que o filme terá uma escala "muito maior". “Você ainda precisa esperar um pouco antes que eles acabem e sejam entregues a você. Eu incorporo elementos diferentes daqueles em formato de teatro e tento criar trabalhos emocionantes.” O diretor também antecipou que trabalhará como roteirista de vários episódios da série e que irá contar com o suporte de outros diretores emergentes do Japão.

Animes, séries e filmes

Além da grande adição de produtores de conteúdo ao streaming, a Netflix comentou que, até 2023, deverá acrescentar mais 50 lançamentos originais em seu catálogo, incluindo as estreias das séries Last One Standing, First Love, Yu Yu Hakusho, The Orbital Children, Kotaro Lives Alone, Vampire in the Garden, Rilakkuma's Theme Park Adventure e Detetive Conan; as novas temporadas de Alice in Borderland, Tiger & Bunny, JoJo's Bizarre Adventure, Aggretsuko, Kakegurui, Ultraman e Casamento às Cegas; e os filmes Love Like The Falling Petals, Toma Ikuta, Once Upon a Crime, Gundam e Nanatzu no Taizai: A Fúria de Edinburgo.

(Fonte: Netflix / Reprodução)(Fonte: Netflix / Reprodução)Fonte:  Netflix 

"Nossa próxima grande aposta é expandir os filmes", disse Sakamoto. "O Japão é o lar de talentos extraordinários que moldam a história do cinema mundial. Com criadores tão diversos quanto aqueles com quem trabalhamos hoje, estamos empolgados em desempenhar um papel na história de grandes talentos locais encontrando suas vozes e entregando-as a públicos em todos os lugares."