JoJo's Bizarre Adventure: por que a moda é tão importante para o anime?

Imagem de: JoJo's Bizarre Adventure: por que a moda é tão importante para o anime?
Imagem: http://davidproduction.jp/english/

Muito mais do que pancadaria, personagens badass, frases de efeito e habilidades especiais incrivelmente absurdas, JoJo's Bizarre Adventure é uma verdadeira viagem pelo mundo da moda e da estética, tendo como elemento primordial o show de cores e uma extravagância que marcam cada cena da produção.

Porém, essas características vão além de meros detalhes e indicam uma importante relação entre o projeto e seu criador, definindo de que forma a história moderna impactou no surgimento do universo Stand.

Em JoJo's Bizarre Adventure, a moda coloca todos os personagens como coprotagonistas, visto a essência das produções orientais em apresentar nomes principais com visuais mais chamativos. Além disso, o conceito estético serve como engrenagem para fazer o tempo e os eventos canônicos correrem, ao contar histórias, relatar longas transições temporais e colocar algumas figuras (como Dio e Jonathan) em posições que são determinantes para o desenrolar de relações.

Até Stone Ocean, prevista para ser lançada em formato de anime no final deste ano, músicos, estilistas, empresários e designers serviram para dar ritmo às temporadas. Em Phantom Blood, as roupas evidenciavam o início dos anos 1800, enquanto Battle Tendency e Stardust Crusaders aproximaram os conceitos de moda para o Japão, local que passou a ambientar os principais eventos. Com o tempo, as roupas e maquiagens passam a se tornar mais modernas e cheias de brilho, ganhando ares joviais e mais exibicionistas.

(Fonte: David Production / Reprodução)(Fonte: David Production / Reprodução)Fonte:  David Production 

Já personagens como Enrico Pucci, Ermes Costello, Viviano Westwood, Emporio Alniño, Sports Maxx e Narancia Ghirga tiveram seus nomes inspirados em personalidades reais da estilística e do empresariado da moda, inserindo-se em cenários que exaltavam o período punk (correntes, acessórios e roupas escuras usadas por Jotaro em Stardust Crusaders) e marcas famosas no segmento.

O criador e a criatura

Esse conceito nasceu muito antes da série começar a ser produzida, já que o criador Hirohiko Araki era fã assumido de referências do cenário pop do século 20 e da moda italiana. Suas preferências são perceptíveis, por exemplo, nos visuais de Josuke, Kira e Johnny, que são comparáveis aos modelos de Prince, David Bowie e Axl Rose, artistas que marcaram gerações não somente pelas suas músicas, mas pela capacidade de reinventar as aparências e lançar tendências.

(Fonte: David Production / Reprodução)(Fonte: David Production / Reprodução)Fonte:  David Production 

O seinen soube apresentar personagens durões e masculinos, dosando o excesso de testosterona com a liberdade estética e fazendo com que tudo dentro do universo fosse visto como normal. Assim, a série abordou, de forma inteligente e madura, temas sobre a união da masculinidade e feminilidade em um só corpo, de forma a mostrar como é possível ser grandioso e expressar sua personalidade sem perder a individualidade.

Apesar de puxar inspirações reais, nada em JoJo's Bizarre Adventure é convencional. Mas essa proposta de exibir a moda como um ser determinista invisível em um mundo extravagante não somente elevou uma ideia original, como também deu um algo a mais, de forma a tornar cada personagem inesquecível e a provar que é possível unir sugestões que, na prática, pareciam ser impossíveis juntas.