Desde que a Microsoft comprou a divisão de celulares da Nokia, muito se especulou sobre o que isso significaria em termos de vendas.

Considerando a ligação emocional que as pessoas têm com a Nokia por conta do que ela representou no início da popularização dos celulares e a decisão da Microsoft de abandonar o nome “Nokia” nos novos dispositivos, muita coisa poderia dar errado. Só que, aparentemente, a popularidade da marca Lumia só tem aumentado.

As vendas de Lumia no último trimestre de 2014 representaram um recorde para a Microsoft: 10,5 milhões de smartphones entre outubro e dezembro de 2014. Mais de 1,2 milhão de aparelhos comparado com o resultado do trimestre anterior.

Segundo os dados fornecidos pela empresa, o número foi impulsionado principalmente pela venda de smartphones de baixo custo.

Concorrência

O valor correspondente à venda dos dispositivos mobile no final de 2014 rendeu 2,3 bilhões de dólares para a Microsoft. Um número modesto se comparado com a venda de aparelhos Android ou iOS, mas uma excelente notícia para os fãs do Lumia.

Caso a empresa mantenha este crescimento, ela pode ajudar a agitar ainda mais a concorrência entre as fabricantes de smartphone. Além de, é claro, beneficiar quem já é adepto dos Lumias, por atrair mais interesse dos desenvolvedores de aplicativos.

Cupons de desconto TecMundo: