Elop terá meses para se familiarizar com a Microsoft. (Fonte da imagem: Reprodução/Technobuffalo)

A compra da divisão de celulares da Nokia pela Microsoft, confirmada nesta segunda-feira (2), significa mais do que adquirir aparelhos, serviços e patentes. Para Steve Ballmer, a negociação pode ser também um importante passo para a aposentadoria.

Ballmer, que deve deixar o posto de chefia da empresa até o final de 2014, só precisava encaminhar a escolha de um sucessor – e ele deve mesmo ser Stephen Elop, ex-CEO da Nokia, que assume o cargo de chefia da divisão mobile da Microsoft após a compra de quase toda a sua antiga companhia. Em entrevista ao Seattle Times, o atual presidente confirma que o colega está na briga, e que ele passa a ser um forte candidato interno.

O canadense Elop já era um forte concorrente à sucessão de Ballmer. Agora que vai ocupar uma posição importante na empresa, que equivale à vice-presidência executiva, o choque ao assumir a presidência da Microsoft seria menor – tanto para ele, que terá alguns meses para conhecer os novos colegas, quanto para os fãs e investidores da gigante, que poderão acompanhar o trabalho do possível novo chefe.

Cupons de desconto TecMundo: