Bill Gates não tem vontade a voltar a ser presidente da Microsoft, preferindo se dedicar à filantropia (Fonte da imagem: Daily Tech)

Do mesmo modo que Steve Jobs se ausentou da Apple e voltou para salvar sua própria empresa da falência em 1990, muitos acreditam que é a hora de Bill Gates fazer o mesmo com a Microsoft. Steve Ballmer, atual CEO da companhia, tenta levar a empresa para outras direções mudar o cenário da produção de hardware.

Porém, durante seu discurso na conferência Abu Dhabi Media Summit 2012, Bill Gates deixou bem claro que não possui nenhuma intenção de voltar ao cargo de presidência da Microsoft, preferindo se dedicar cada vez ao seu trabalho filantrópico.

“Steve Jobs fez um excelente trabalho. Ele comandou a Apple desde que ela era uma companhia minúscula e retornou mais tarde para fazê-la ainda mais valiosa. Steve e eu éramos amigos, competidores – apesar disso, também temos muitas diferenças”, afirma. “Agora eu estou dedicando em meu trabalho filantrópico e dando cerca de 15% do meu tempo para a Microsoft”.

Gates ainda diz que só não irá deixar totalmente a empresa de lado porque há muitas coisas interessantes à caminho, desde o lançamento do Windows 8 a projetos futuros. Contudo, o executivo termina seu discurso sendo bastante enfático: “Com certeza há muitas boas ideias vindo aí, mas notei que é no mundo filantrópico no qual minha contribuição será mais útil, e é nele que eu trabalharei para o resto da minha vida”.

Fonte: Daily Tech

Cupons de desconto TecMundo: