Quem decidiu investir na compra da pulseira Band 2 provavelmente não vai ver um produto sucessor sendo lançado em breve. Informações obtidas pelo site ZDNet indicam que a Microsoft decidiu dispensar o time que atualmente trabalhava em formas de trazer o Windows 10 para o dispositivo.

No entanto, a companhia permanece comprometida com o sistema Microsoft Health através do trabalho com parceiros e aplicativos para Windows, iOS e Android. Vale notar que a companhia não chegou a cancelar totalmente seus planos para a Band, mas tudo indica que eles foram colocados na “geladeira” e devem continuar lá por um tempo considerável.

Atualmente, a Microsoft continua a vender a Band 2 por US$ 175 (R$ 585), sendo que o produto nunca chegou a ser considerado um campeão de vendas. Entre os problemas que assolaram sua produção estão relatos sobre a baixa resistência de sua pulseira, que supostamente foi reforçada pela fabricante em certo momento.

A decisão de deixar a pulseira de lado é condizente com a postura adotada pelo CEO Satya Nadella, que tem focado cada vez mais esforços em softwares e deixado de lado alguns esforços de hardware. Levando isso em consideração, faz sentido que a empresa continue a apostar no sistema Health, já que ele consegue alcançar uma quantidade muito maior de consumidores do que a Band.

Cupons de desconto TecMundo: