O produto é comumente utilizado na decoração de mesas (Fonte da imagem: Reprodução/Buckyballs)
Nos Estados Unidos, o Consumer Product Safety Commission (órgão responsável por analisar a segurança dos produtos vendidos no mercado americano) suspendeu a venda de um brinquedo formado por bolas magnéticas no país. O motivo principal para a ação está no fato de que muitas crianças estavam engolindo as pequenas peças, e tais acidentes poderiam levar a procedimentos cirúrgicos para a retirada das esferas.

O brinquedo em questão é da marca Buckyballs e é formado por bolas que são ímãs raros. Normalmente, esse produto é utilizado por muitas pessoas como acessório de mesa — visto que o objeto ainda é considerado algo relaxante e esteticamente agradável.

Para tentar combater o índice de acidentes, a empresa responsável pelo produto já havia colocado nos rótulos advertências quanto aos perigos para as crianças. Até o momento, o site oficial da Buckyballs ainda apresenta um aviso afirmando que o produto é divertido para os adultos, mas não para as crianças.

No entanto, com o número crescente de acidentes, tais avisos estariam sendo ineficazes e, por isso, a comissão de segurança de produtos decidiu proibir a venda do objeto. Entre os incidentes relatados está um caso de 2011, em que um menino de quatro anos engoliu três imãs pensando que fossem chocolate e, por isso, teve o intestino perfurado.

Fonte: Reuters

Cupons de desconto TecMundo: