Elon Musk diz que xAI vai solucionar mistérios do universo e usará dados do Twitter

1 min de leitura
Imagem de: Elon Musk diz que xAI vai solucionar mistérios do universo e usará dados do Twitter
Imagem: Getty Images/Reprodução

Anunciada na última quarta-feira (12), a xAI, nova empresa de inteligência artificial (IA) de Elon Musk, terá missões bastante ousadas pela frente. Uma delas é “entender a verdadeira natureza do universo”, como revelou o magnata da tecnologia.

Os objetivos do seu mais recente empreendimento foram expostos durante um bate-papo realizado no Twitter Spaces, na sexta-feira (14). Na conversa, o bilionário comentou que a companhia pretende explorar questões ainda não respondidas pela ciência, em vários aspectos.

De acordo com Musk, o principal objetivo da xAI será descobrir “o que diabos realmente está acontecendo” em relação ao universo, ao planeta e também com a civilização. Questões relacionadas à matéria escura e gravidade são outras que o mecanismo inteligente irá explorar, em breve.

Questões não respondidas pela ciência estarão entre os focos da xAI.Questões não respondidas pela ciência estarão entre os focos da xAI.Fonte:  Getty Images/Reprodução 

A existência de vida alienígena é outro mistério que a nova empresa de Musk pretende abordar, trazendo mais informações sobre o tema. Para tratar deste e de outros assuntos de forma mais aprimorada que os principais modelos usados atualmente, o empresário quer construir uma boa inteligência artificial geral (AGI), capaz de resolver problemas como um humano.

Parceria com o Twitter e a Tesla

Na tentativa de solucionar os mistérios do universo, a xAI trabalhará em parceria com as demais companhias lideradas por Musk. O Twitter, por exemplo, fornecerá tweets públicos para o treinamento do modelo de IA em desenvolvimento, algo que o bilionário tentou impedir os concorrentes de fazer.

Já a Tesla emprestará seu poder computacional para a criação do novo software. Em contrapartida, a montadora de carros elétricos poderá acelerar o desenvolvimento do Full Self-Driving (FSD), seu sistema de direção autônoma, com os aprimoramentos fornecidos pela empresa recém-criada.

Ainda durante o bate-papo no Spaces, Musk voltou a defender a regulamentação da IA, afirmando ter pressionado por reuniões com representantes do governo dos Estados Unidos. A importância de uma legislação específica para o segmento também teria sido enfatizada por ele em encontros com funcionários de alto escalão do governo da China.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.