Meta anuncia redução nas contratações e prevê 'tempos difíceis'

1 min de leitura
Imagem de: Meta anuncia redução nas contratações e prevê 'tempos difíceis'
Imagem: Shutterstock

Os planos de contratar novos engenheiros em 2022 foram revistos pela Meta, que decidiu reduzir o número de admissões para a área em 30%. O anúncio foi feito pelo próprio CEO da empresa, Mark Zuckerberg, na quinta-feira (30), durante uma sessão de perguntas e respostas com os funcionários.

Inicialmente, a companhia pretendia contratar 10 mil novos engenheiros até o final deste ano, mas a “meta agressiva” não poderá ser alcançada, devido a problemas econômicos. Dessa forma, o número de contratações para a área provavelmente ficará entre 6 e 7 mil, no encerramento de 2022.

Zuckerberg disse ainda aos colaboradores que o conglomerado liderado por ele optou por deixar alguns cargos não preenchidos, ao mesmo tempo em que dispensará empregados que não têm alcançado desempenho satisfatório. “Provavelmente há um monte de pessoas na empresa que não deveriam estar aqui”, comentou o bilionário, de acordo com a Reuters.

O número de usuários ativos diários do Facebook diminuiu pela primeira vez em um trimestre.O número de usuários ativos diários do Facebook diminuiu pela primeira vez em um trimestre.Fonte:  Shutterstock 

O chefe da Meta ainda fez um comentário que possivelmente deixou muitos dos seus funcionários assustados. “Se eu tivesse que apostar, diria que esta pode ser uma das piores crises que vimos na história recente”, afirmou o mandatário, em relação aos prejuízos financeiros enfrentados nos últimos meses.

Ventos contrários

Quem também comentou sobre a situação financeira do conglomerado americano foi o diretor de produtos Chris Cox. Em um memorando divulgado no Workplace, plataforma exclusiva dos funcionários, ele falou em “tempos difíceis” e “ventos contrários ferozes” contra a empresa.

Diante dos desafios, Cox ressaltou que a Meta deve trabalhar com equipes mais enxutas e preparadas para lidar com um ambiente de crescimento mais lento e sem grandes orçamentos à disposição. Além da queda no valor das ações da companhia, desde o início do ano, o grupo também enfrenta redução nas vendas de anúncios.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.