Samsung pagará R$ 72 milhões por propaganda de resistência à água

1 min de leitura
Imagem de: Samsung pagará R$ 72 milhões por propaganda de resistência à água
Imagem: Ruslan Lytvyn/Shutterstock
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

Em uma ação judicial na Austrália, a Samsung concordou em pagar uma multa de US$ 14 milhões (cerca de R$ 72 milhões) por conta de uma falsa afirmação. Na época, a empresa divulgou publicidades afirmando que sete dispositivos da linha Galaxy eram resistentes à água, porém, os smartphones podiam deixar de funcionar se fossem usados em piscina e água salgada.

A disputa entre a Samsung e a Comissão Australiana da Concorrência e do Consumidor (ACCC) começou em 2019 e, recentemente, o juiz Michael Murphy aprovou um acordo entre as partes. Segundo o advogado da Samsung, a empresa divulgou cerca de 684 anúncios com a falsa informação.

As publicidades foram publicadas na internet, em TVs e em outdoors, afirmando que os smartphones podiam ser usados em piscinas ou praias. Contudo, nenhum dos aparelhos é resistente à água salgada ou durante o uso em piscinas.

O problema começa quando o usuário o coloca o smartphone para carregar enquanto ainda há água na porta USB.O problema começa quando o usuário o coloca o smartphone para carregar enquanto ainda há água na porta USB.Fonte:  Unsplash 

“Os anúncios da Samsung Austrália promovendo seus telefones Galaxy mostravam pessoas usando seus telefones em piscinas e água do mar, apesar do fato de que isso poderia resultar em danos significativos ao telefone”, disse o presidente da ACCC, Gina Cass-Gottlieb.

Propaganda enganosa

De qualquer forma, o acordo é relacionado a apenas nove anúncios dos sete smartphones da linha Galaxy — eles foram divulgados entre 2016 e 2018. A companhia sul-coreana admitiu haver uma “uma perspectiva material de danos por corrosão na porta de carregamento do telefone” caso os dispositivos fossem usados em água salgada ou em piscinas.

De acordo com um porta-voz da empresa, foram realizados muitos testes dos smartphones em água salgada e piscina, mas ele deu boas-vindas ao encerramento do caso. Durante o período da publicidade falsa, a Samsung vendeu cerca de três milhões de dispositivos Galaxy na Austrália.

“A Samsung se esforça para oferecer a melhor experiência possível a todos os seus clientes. A Samsung lamenta se algum usuário do Galaxy teve algum problema com seu dispositivo como resultado dos assuntos cobertos por este caso”, disse o porta-voz.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.