Criador da criptomoeda Luna é processado por fraude

1 min de leitura
Imagem de: Criador da criptomoeda Luna é processado por fraude
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

O desenvolvedor de criptomoedas sul-coreano Do Kwon, criador das famigeradas moedas Luna e TerraUSD (UST), atualmente zeradas, está como um dos acusados de um processo coletivo iniciado, na sexta-feira (17), em uma corte federal dos EUA na Califórnia, por um cidadão americano. Além do CEO, a ação atinge também sua empresa Terraform Labs, a empresa de infraestrutura Jump Crypto e a gestora Three Arrows Capital.

Na petição inicial, o autor principal da ação, Nick Patterson, alega que as referidas companhias teriam vendido os tokens do projeto Terra, mesmo sabendo se tratar de “ativos mobiliários sem registro”. Além disso, diz o pedido, os investidores foram ludibriados por “afirmativas falsas e enganosas” feitas pelos réus.

Quando a cotação das suas criptomoedas desabou, Do Kwon foi ao Twitter atacar seus críticos. (Fonte: Do Kwon/Instagram/Reprodução.)Quando a cotação das suas criptomoedas desabou, Do Kwon foi ao Twitter atacar seus críticos. (Fonte: Do Kwon/Instagram/Reprodução.)Fonte:  Do Kwon/Instagram 

O que aconteceu com as criptomoedas de Do Kwon?

Quando Kwon lançou a Terraforma Labs em 2019, juntamente com Daniel Shin, a ideia era criar uma criptomoeda para facilitar os pagamentos em plataformas como a PayPal. Bem recebido no mercado, o projeto conseguiu levantar US$ 32 milhões (R$ 166 milhões) em investimentos. O lançamento inicial das criptos da Terra arrecadou US$ 62 milhões (R$ 321 milhões).

Durante o chamado “inverno cripto” ocorrido no mês passado, somente entre os dias 6 e 9 de maio, os preços da Luna e da UST (a suposta stablecoin algorítmica que lhe serviria de lastro) caíram cerca de 91% e 99,7%, respectivamente. No processo, os advogados afirmaram que essas ocorrências apenas “expuseram a verdade sobre o par” de tokens da Terra.

Apesar do processo, e das catástrofes econômicas, a comunidade do projeto Terra ainda conseguiu aprovar uma continuação da Luna, um novo token com o mesmo nome, enquanto a antiga moeda foi rebatizada como Luna Classic, operando no token LUNC. Neste momento, a "nova" Luna opera a US$ 2,06, segundo o CoinMarketCap, enquanto a "velha" está cotada a US$ 0,00005829.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.