Apple Pay Later terá limite de US$ 1 mil e usará Apple ID

1 min de leitura
Imagem de: Apple Pay Later terá limite de US$ 1 mil e usará Apple ID
Imagem: Reprodução: naipo.de/Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple anunciou na semana passada, durante a WWDC 2022, uma nova opção de "pagar depois". O Apple Pay Later, segundo novas informações do The Wall Street Journal, terá um limite de US$ 1.000. Além disso, para evitar fraudes, a verificação de identidade será feita através do Apple ID.

Vale lembrar que o valor de US$ 1.000 equivale ao máximo que os usuários poderão ter, uma vez que o limite dependerá da pontuação de crédito. Outra questão é que o prazo máximo para quitar as compras parceladas será de seis semanas.

Será necessário cadastrar um cartão de débito para usar o Pay LaterSerá necessário cadastrar um cartão de débito para usar o Pay LaterFonte:  Reprodução: CardMapr.nl/Unsplash 

No caso desse novo serviço, a Apple não contará com a parceria da Goldman Sachs —instituição bancária responsável pelo Apple Card. A própria companhia será responsável pelos "empréstimos" do Pay Later, com base na pontuação FICO, que indica a probabilidade de um consumidor saldar suas dívidas.

Por fim, além da verificação de identidade pelo Apple ID, será necessário cadastrar um cartão de débito para utilizar o serviço. As parcelas deverão ser cobradas a cada duas semanas, até que o valor seja totalmente pago.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.