Twitter: venda para Elon Musk será votada até agosto

1 min de leitura
Imagem de: Twitter: venda para Elon Musk será votada até agosto
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

A CNBC informou na quarta-feira (8) que, durante uma reunião de funcionários do Twitter, a principal advogada da empresa, Vijaya Gadde, disse que a companhia espera realizar, no final de julho ou início de agosto, uma votação dos acionistas a respeito do acordo de venda para Elon Musk.

De acordo com a emissora, na referida reunião, os principais executivos da rede social explicaram aos funcionários presentes que a empresa continua trabalhando "construtivamente" no sentido de concluir a negociação com o bilionário americano. Apesar disso, os advogados de Musk fizeram uma advertência ao Twitter, na segunda-feira (6), que seu chefe pode desistir da aquisição, se não receber os dados solicitados a respeitos de spam e contas falsas.

Quais informações o Twitter está compartilhando com Elon Musk?

Fonte: jiafu fu/Flickr/Reprodução.Fonte: jiafu fu/Flickr/Reprodução.Fonte:  jiafu fu/Flickr 

O Twitter afirmou à CNBC que, entre as informações que estão sendo compartilhadas com Elon Musk, está a chamada "firehose" (mangueira de incêndio, em ´português), uma ferramenta de compliance que é uma interface de streaming em tempo real. O conteúdo dessa API é o conjunto de todos os tweets da plataforma analisados por diferentes parâmetros.

Esses dados, com informações sobre dispositivos de usuários ou perfis de contas que tuitam – mas sem informações confidenciais – são normalmente vendidos para empresas de monitoramento de mídia social, e deverão ser repassados de graça para Elon Musk, a título de troca de informações, dizem fontes do Twitter.

Quanto a detalhes sigilosos, como informações pessoais de usuários ou a frequência com a qual eles verificam suas contas, não se sabe se serão ou não compartilhados com o possível futuro dono da empresa, antes que a negociação esteja concluída.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes