Fora do gancho: Nova York leva último telefone público para museu

1 min de leitura
Imagem de: Fora do gancho: Nova York leva último telefone público para museu
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Esta semana marcou o fim de uma era para Nova York: na segunda-feira (23), a cidade removeu o seu último telefone público, que ficava em frente ao número 745 da Sétima Avenida, próximo à Rua West 49th. A retirada da cabine dupla, com dois “orelhões”, foi feita pela empresa de comunicações LinkNYC, que está substituindo essas instalações por quiosques – os Links – equipados com serviços gratuitos de Wi-Fi.

O antigo telefônico público foi transportado diretamente para o Museu da Cidade de Nova York e passará a integrar a nova exposição "Cidade Analógica", que relembra a vida na Big Apple antes da era dos computadores. Segundo o LinkNYC, com a retirada do equipamento, não há mais telefones públicos na cidade, embora ainda permaneçam quatro "cabines do Super-Homem", porém com aparelhos possivelmente fora de serviço.

Fonte: LinkNYC/Divulgação. Fonte: LinkNYC/Divulgação.

O que faz o LinkNYC?

O LinkNYC é a versão nova-iorquina de um projeto internacional que pretende dotar diversas cidades do mundo com estrutura gratuita de Wi-Fi. Desde que foi contratado em 2014, pelo prefeito Bill de Blasio, o empreendimento já forneceu mais de três bilhões de conexões sem fio, com dez milhões de assinantes. O projeto também fornecerá em breve a cobertura 5G para a cidade de Nova York.

Em nota à imprensa, o chefe de Tecnologia da cidade, Matthew Fraser, afirmou que, "assim como fizemos a transição do cavalo e da charrete para o automóvel e do automóvel para o avião, a evolução digital progrediu de telefones públicos para quiosques Wi-Fi de alta velocidade para atender às demandas de nossas necessidades diárias de comunicação em rápida mudança", concluiu.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes