Dow Jones, Nasdaq e S&P 500: qual o significado dos índices?

2 min de leitura
Imagem de: Dow Jones, Nasdaq e S&P 500: qual o significado dos índices?
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Você costuma assistir ao noticiário ou acompanha notícias sobre investimentos e finanças na internet e nas redes sociais? Então já deve ter se deparado com nomes como Dow Jones, Nasdaq e S&P 500. Seus significados, objetivos e particularidades, no entanto, podem ainda ser uma incógnita para iniciantes no mercado financeiro.

Para ajudar a sanar algumas dúvidas, o TecMundo explica aqui as diferenças entre os três índices de mercadoConfira o conteúdo para tirar suas principais dúvidas sobre o assunto.

Diferenças entre Dow Jones, Nasdaq e S&P 500

Os três índices apresentam uma representação do capital de empresas listadas na bolsa de valores norte-americana, mas cada um tem suas próprias especificidades. A seguir, você confere algumas informações que devem te ajudar a entender um pouco mais sobre cada um dos índices listados, além do significado de seus nomes.

Dow Jones

Considerado o mais relevante quando o assunto é o comportamento da Bolsa de Valores de Nova York, o Dow Jones Industrial Average (DJIA) agrupa as 30 empresas norte-americanas mais importantes, tanto da Bolsa de Nova York quando da Nasdaq. Ele é o mais relevante para acompanhar a movimentação e o comportamento da Bolsa de Valores de NY em relação aos preços de ações. Por isso, é muito utilizado para guiar investidores e ajudá-los a visualizar e entender o comportamento do mercado e a flutuação dos valores das ações.

O Dow Jones é composto pelas 30 empresas mais importantes da Bolsa de Valores de NY e da NasdaqO Dow Jones é composto pelas 30 empresas mais importantes da Bolsa de Valores de NY e da NasdaqFonte:  Shutterstock 

Dentre as 30 empresas que compõe o Dow Jones estão a American Express, a Apple, a Coca-Cola Company, a IBM, a Johnson & Johnson, a Microsoft e a The Walt Disney Company. Empresas de serviços públicos e transporte não fazem parte deste índice.

Nasdaq

Composto por mais de 3.700 ações — sendo metade deste total voltadas para o ramo de tecnologia—, o Nasdaq Composite Index (NCI) é um dos mais importantes índices de comportamento do mercado de ações. Diferente do Dow Jones e do S&P 500, o Nasdaq também engloba empresas baseadas em outros países.

Em abril de 2022, cerca de 51% do NCI era formado por empresas identificadas como parte do ramo tecnológico como Apple, Microsoft, Amazon e Tesla. Como mercado de ações, o Nasdaq é uma bolsa de valores constituída por outros índices, como o Nasdaq 100, a Nasdaq Biotechnology e o Nasdaq Composite.

Mais de 51% do Nasdaq é composto por empresas do ramo de tecnologiaMais de 51% do Nasdaq é composto por empresas do ramo de tecnologiaFonte:  Shutterstock 

S&P 500

O Standard & Poor's 500 Index (S&P 500) é um índice composto pelas 500 empresas mais relevantes cujas ações são comercializadas na Bolsa de Valores de Nova York, no Nasdaq e no Chicago Board Options Exchange (CBOE). Neste caso, as empresas são avaliadas por capitalização de mercado flutuante baseada apenas em ações disponíveis para o público, excluindo toda e qualquer ação de posse do governo, de executivos das companhias e por outras empresas.

Para fazer parte do S&P 500, as companhias precisam ter base nos Estados Unidos, ter um valor de capitalização de mercado de pelos menos US$ 14,6 bilhões, ter alta liquidez, entre outros requisitos.

De olho na Bolsa de Valores

Como visto, cada um dos três índices listados tem suas próprias especificidades e são compostos por empresas de diferentes setores e nichos de mercado. Enquanto o Dow Jones é mais focado nos valores das ações propriamente ditas, o Nasdaq e o S&P 500 são mais voltados para o comportamento do mercado de ações.

Na hora de investir, o ideal é ficar de olho em como anda a economia e avaliar onde o investimento do seu dinheiro poderia render um retorno mais alto.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.