SpaceX aumenta os preços dos serviços e equipamentos da Starlink

1 min de leitura
Imagem de: SpaceX aumenta os preços dos serviços e equipamentos da Starlink
Imagem: Starlink
Avatar do autor

Aprovada para funcionar no Brasil desde janeiro, a internet da Starlink chegará com preços ainda mais altos que os já anunciados. Segundo a SpaceX, empresa que controla a provedora de internet via satélite, “níveis excessivos de inflação” determinaram um aumento nos valores dos serviços e equipamentos, já atualizados no site oficial.

A partir de maio, a assinatura do serviço, que hoje é US$ 99, passará a custar US$ 110 (R$ 534), de acordo com um e-mail enviado na terça-feira (22) aos clientes dos EUA e Austrália. Também o preço do kit (terminal, tripé e roteador) necessário para se conectar à rede de satélites sofreu reajuste: de US$ 499 para US$ 549 (R$ 2,7 mil), para clientes que já fizeram reservas, e US$ 599 (R$ 2,9 mil) para novos clientes.

Por que a Starlink aumentou seus preços?

No comunicado oficial da empresa, publicado no Twitter por usuários, a Starlink alega que "o único objetivo desses ajustes é acompanhar o aumento da inflação”. Em uma sequência iniciada no Twitter no início do mês, o CEO da empresa, Elon Musk, deu algumas pistas do atual reajuste. Na thread, o bilionário afirmou que suas empresas (SpaceX e Tesla) estavam “vendo uma pressão inflacionária recente significativa em matérias-primas e logística”.

Na mensagem aos assinantes, a Starlink também atribui o aumento aos altos investimentos feitos na expansão da cobertura da rede. “Desde o lançamento de nosso serviço beta público em outubro de 2020, a equipe Starlink triplicou o número de satélites em órbita, quadruplicou o número de estações terrestres e fez melhorias contínuas em nossa rede”, diz a nota.

Para os clientes que estão usando os serviços da empresa há menos de um ano, a Starlink está oferecendo um reembolso parcial de US$ 200 para os que devolverem o hardware de prato (antena). Para os que receberam o kit nos últimos 30 dias e decidir devolvê-lo, o reembolso será total.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.