Ericsson processa Apple por uso irregular de patentes no iPhone

1 min de leitura
Imagem de: Ericsson processa Apple por uso irregular de patentes no iPhone
Imagem: Ericsson
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A empresa Ericsson abriu dois processos contra a Apple acusando a empresa de uso irregular de patentes da companhia relacionadas com conectividade e internet móvel.

Segundo os processos, um acordo que existia desde 2015 para utilização de padrões 2G, 3G e 4G entre as partes expirou. Desde então, a Maçã utiliza tecnologias de telecomunicações da ex-parceira de forma irregular — inclusive na atual linha iPhone 13 de dispositivos móveis.

Além disso, como aponta a segunda ação judicial, ambas as marcas não chegaram a um consenso sobre o pagamento de royalties para a utilização de tecnologias 5G, em meio a um período de renovação do contrato. Essa acusação é feita pela marca sueca desde outubro de 2021.

O que a Ericsson quer com isso?

Especializada em tecnologias de infraestrutura e telecomunicações, a Ericsson alega que a Apple está utilizando as tecnologias sem a devida licença ou compensação financeira e pede apenas o pagamento das taxas, sem qualquer proibição de venda ou penalização no mercado.

A briga entre as  companhias data de 2015, com a assinatura do acordo atual ocorrendo apenas depois de uma troca de processos entre duas marcas. Por enquanto, as duas companhias não se manifestaram sobre a nova disputa.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes