Samsung: intermediários lideraram produção de celulares em 2021

1 min de leitura
Imagem de: Samsung: intermediários lideraram produção de celulares em 2021
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A escassez de chips atingiu diversos segmentos da indústria ao longo de 2021, fazendo muitas empresas paralisar suas plantas industriais em alguns momentos. Apesar disso, a Samsung conseguiu produzir aproximadamente 300 milhões de celulares no ano passado, conforme revelou o The Elec nesta sexta-feira (14).

Deste total de unidades, 240 milhões foram fabricadas pela própria gigante sul-coreana, que precisou contar com a ajuda de parceiros para completar o restante. Os outros 60 milhões de telefones saíram das fábricas de empresas como Wintech e Huaqin.

O relatório ao qual a publicação teve acesso mostra ainda que a big tech não atingiu as metas de vendas para o ano, tendo comercializado um número inferior às 300 milhões de unidades fabricadas. Mesmo assim, os números não são considerados ruins, levando em conta os problemas de produção enfrentados por ela no Vietnã e a baixa nos semicondutores.

A linha Galaxy S21 não vendeu tanto quanto a Samsung planejava.A linha Galaxy S21 não vendeu tanto quanto a Samsung planejava.Fonte:  Unsplash 

Curiosamente, a série Galaxy S21 não foi a principal responsável pelas vendas da Samsung em 2021. Os celulares premium lançados pela marca no início do ano venderam apenas 20 milhões de unidades até o final de dezembro, número semelhante ao do Galaxy S20 e bastante inferior ao de modelos anteriores da série S, que acumulavam de 35 a 40 milhões de unidades anualmente.

Campeões de vendas

Se o ainda atual carro-chefe da marca não atingiu as vendas esperadas, os modelos das séries Galaxy A e Galaxy M lideraram o ranking de unidades comercializadas, segundo o documento. Os dobráveis Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3 também teriam apresentado bons números.

Para este ano, a Samsung pretende ampliar a quantidade produzida, chegando a 334 milhões de unidades até o final de 2022, das quais 285 milhões serão feitas por ela mesma. As demais sairão das plantas industriais de parceiras, com o Galaxy S22 sendo a principal aposta para os próximos meses.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.