Banco Inter planeja expansão internacional em 2022, afirma CEO

1 min de leitura
Imagem de: Banco Inter planeja expansão internacional em 2022, afirma CEO
Imagem: Banco Inter
Avatar do autor

Em encontro anual com investidores realizado nesta quinta-feira (16), o CEO do Banco Inter, João Vitor Menin, afirmou que, além dos Estados Unidos, o banco digital pretende atuar em outros países no segundo semestre de 2022. Ele afirmou que o ano de 2021 foi excelente para a instituição financeira, que teve uma expansão de quase 100% na sua base de clientes, sendo 94% apenas no terceiro trimestre deste ano.

O Banco Inter está presente nos EUA desde agosto, após adquirir a fintech Usend. Menin não detalhou em quais mercados internacionais o banco de Belo Horizonte pretende investir. No entanto, ele garantiu que, em quatro anos, as operações do exterior serão provavelmente responsáveis por 50% das receitas do Inter.

Perspectivas para a expansão internacional

Fonte: Shutterstock/Reprodução.Fonte: Shutterstock/Reprodução.Fonte:  Shutterstock 

O discurso otimista do principal executivo do Banco Inter ocorre duas semanas após a instituição se ver obrigada a suspender um processo de listagem de suas ações na bolsa norte-americana Nasdaq, em Nova York. A previsão do Inter era de que o processo pudesse ocorrer no dia 28 de dezembro, mas teve que ser abortado porque o direito de resgate exigido pelos acionistas (para troca dos papéis) ultrapassou os R$ 2 bilhões inicialmente previstos.

Entre as novidades divulgadas por Menin no evento de hoje (16), está o lançamento da versão 11.0 do app do banco, que chegará na semana que vem com algumas novidades, como home broker internacional e uma experiência de banking completamente reformulado. Ao final, o CEO afirmou que o banco digital pretende atingir a marca de 1 milhão de clientes nos EUA em 2022.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes