Ações do Zoom sobem com descoberta de variante da covid-19

1 min de leitura
Imagem de: Ações do Zoom sobem com descoberta de variante da covid-19
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

O mercado de ações amanheceu com mudanças bruscas nesta sexta-feira (26) por causa de uma notícia preocupante em relação à pandemia da covid-19. A novidade é a identificação de uma variante do vírus SARS-CoV-2, a B.1.1.529, que apareceu na África do Sul e apresenta uma alta capacidade de mutação e transmissibilidade em relação às cepas já catalogadas.

E é esse receio de novas ondas de contaminação ao redor do mundo que gerou alta nas ações de empresas ligadas ao trabalho remoto. Segundo a CNBC, a empresa de videoconferências Zoom e a companhia de equipamentos domésticos de ginástica Peloton amanheceram com alta de 7% e 6%, respectivamente.

A expectativa é que os serviços prestados por essas empresas, que poderiam começar a desacelerar com a retomada da ida presencial a locais de trabalho e estudo, voltem a ser requisitados na pior das hipóteses.

Por enquanto, o cenário é incerto: faltam estudos consistentes que detalhem a ação da B.1.1.529 e também a eficácia das atuais vacinas contra essas variantes.

Para o Zoom, entretanto, a notícia da valorização repentina foi especialmente positiva: a empresa passa por um momento complicado ao relatar queda nas receitas e recentemente ser multada em US$ 86 milhões por violação de privacidade.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes