Nubank inicia obras do hub de tecnologia em Salvador

1 min de leitura
Imagem de: Nubank inicia obras do hub de tecnologia em Salvador
Imagem: Nubank/Divulgação
Avatar do autor

Ampliando a sua presença no território nacional, o Nubank deu início nesta segunda-feira (22) às obras do seu futuro hub de desenvolvimento de tecnologia e experiência do cliente em Salvador, na Bahia. O espaço funcionará como um vetor de iniciativas para impulsionar a inovação na região.

Primeiro escritório da fintech fora da cidade de São Paulo, o NuLab Salvador vai funcionar no bairro do Rio Vermelho, trabalhando com projetos de impacto social que incluem a capacitação de jovens em situação de vulnerabilidade social. As reformas devem ser finalizadas no primeiro semestre de 2022.

Quando estiver pronto, o local também receberá eventos, encontros e trocas de experiências no próximo ano, além de servir de base para as equipes de tecnologia e design da empresa. O banco digital ressaltou que a abertura do espaço dependerá do cenário da pandemia do novo coronavírus na capital baiana.

"Teremos a oportunidade de levar ainda mais inovação aos nossos clientes, desenvolver projetos importantes em parceria com atores locais e tudo isso com o objetivo de seguirmos impactando a sociedade de forma positiva, significativa e duradoura", explicou a diretora de ESG do Nubank, Christianne Canavero. Ela é uma das responsáveis pelo desenvolvimento do NuLab.

Formando novos talentos

Antes mesmo de iniciar as obras do espaço em Salvador, a fintech abriu inscrições para o primeiro projeto de impacto social com foco em capacitação do NuLab. O cadastro, iniciado em setembro, era para o curso de programação disponibilizado pela iniciativa.

Oferecido em parceria com as startups de educação Alura e Cubos, o projeto inaugural do espaço recebeu mais de 8 mil inscrições, segundo a empresa, demonstrando o grande interesse sobre o desenvolvimento de software móvel existente na região. O prazo para o cadastro já foi encerrado e os nomes dos selecionados serão divulgados nas próximas semanas.

A diretora regional do projeto em Salvador, Mayra Mezzomo, comemorou a procura. "Estamos muito entusiasmados com a repercussão desse primeiro projeto de transformação social, que nos prova também o potencial da região para ações focadas em tecnologia e desenvolvimento, profissões altamente demandadas no mercado atual", comentou. Mais informações sobre os cursos gratuitos do projeto podem ser obtidas no site da iniciativa.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes