Nota do Milhão: contribuintes têm 10 dias para gerar notas fiscais

1 min de leitura
Imagem de: Nota do Milhão: contribuintes têm 10 dias para gerar notas fiscais
Imagem: Nota do Milhão/Reprodução
Avatar do autor

O site Nota do Milhão, utilizado para a emissão de notas fiscais na cidade de São Paulo, está fora do ar há alguns dias, deixando muitos usuários sem acesso ao serviço. Ainda sem dar prazo para a plataforma voltar a funcionar, a prefeitura da capital paulista se pronunciou nesta quinta-feira (18).

Em comunicado, a administração da maior cidade do país informou que vários dos seus sistemas passaram por manutenção no último final de semana, tendo apresentado instabilidade desde então. Usuários relataram que a página ficou inacessível no sábado (13), mas o problema só teria sido constatado oficialmente na terça-feira (16).

De acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda, os prestadores de serviço que não puderam gerar a nota fiscal eletrônica logo terão acesso à ferramenta. O órgão informou ainda que os contribuintes têm prazo de até dez dias para emitir a nota.

A mensagem de instabilidade da plataforma ainda está em exibição na página.A mensagem de instabilidade da plataforma ainda está em exibição na página.Fonte:  Nota do Milhão/Reprodução 

No entanto, o executivo municipal não detalhou quando a plataforma Nota do Milhão voltará a funcionar, o que pode ser um problema para quem precisa gerar o documento. A prefeitura disse apenas que há técnicos trabalhando em uma solução.

App também fora do ar

Ao entrar no site Nota do Milhão, os usuários somente visualizam uma mensagem. O texto diz o seguinte: "O sistema de emissão da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços está em manutenção para atualizações e passa por instabilidade. Contamos com a sua compreensão".

Uma alternativa para gerar o documento fiscal seria o aplicativo Nota do Milhão. Porém, a versão móvel da plataforma também está fora do ar, exibindo a mesma mensagem, assim como o app MEI Nota Fácil, lançado recentemente em versão beta.

O app Nota do Milhão também está indisponível.O app Nota do Milhão também está indisponível.Fonte:  Google Play/Reprodução 

É importante ressaltar que a ferramenta da Prefeitura de São Paulo é destinada aos prestadores de serviços. Academias, escolas particulares, estacionamentos, lavanderias, cabeleireiros e hotéis são alguns dos estabelecimentos que usam a plataforma para emissão do documento.

Já no caso dos estabelecimentos sobre os quais incide o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a emissão é feita no sistema do Governo do Estado de São Paulo.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.