Gerente de supermercado fica milionário com Shiba Inu

1 min de leitura
Imagem de: Gerente de supermercado fica milionário com Shiba Inu
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O universo das criptomoedas está mudando o mundo gradualmente, oferecendo oportunidades financeiras a milhões de pessoas ao redor do globo e, há alguns meses, durante a alta da Dogecoin, algumas pessoas até se tornaram milionárias, incluindo um brasileiro. Agora, um ex-gerente de supermercado revelou que se tornou milionário investindo em Shiba Inu (SHIB).

De acordo com informações do jornal Fortune, um trabalhador estadunidense de 35 anos fez um investimento de risco de US$ 8 mil quando a SHIB custava apenas US$ 0.0000001, garantindo 800 bilhões de tokens — ou seja, somando as altas dos últimos meses, ele conquistou seu lugar no time de milionários. Em maio, ao atingir mais que US$ 0.00035, o investidor sacou US$ 500 mil e continuou firme com a outra parte do investimento.

Shiba do milhão!

Atualmente, o investidor "Rob", como foi chamado na reportagem, usa o dinheiro para passar mais tempo em casa com os filhos e trabalhar em projetos envolvendo a criptomoeda que o rendeu a tão sonhada aposentadoria — como gerente de supermercado, o trabalhador recebia US$ 68 mil por ano.

Atualmente, a Shiba Inu é a 11º moeda mais popular do mercado, com um valor de mercado de US$ 31 bilhões.Atualmente, a Shiba Inu é a 11º moeda mais popular do mercado, com um valor de mercado de US$ 31 bilhões.Fonte:  CoinGecko 

Recentemente, o preço da Shiba Inu atingiu novas altas, garantindo mais de US$ 1 milhão ao investidor. “Acreditamos fortemente que há mais a ser alcançado com a Shiba. Nunca vou tirar tudo do nosso portfólio”, revelou o ex-gerente.

Nos últimos meses, a SHIB entrou em alguns movimentos de alta e continua impressionando os investidores mais antigos — alguns até já se tornaram bilionários. Contudo, a moeda pode cair como qualquer outra, assim como aconteceu em maio de 2021.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.