Imposto digital para big techs é suspenso após pressão dos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Imposto digital para big techs é suspenso após pressão dos EUA
Imagem: Apple/Divulgação
Avatar do autor

Depois que 140 países reunidos na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) anunciaram, no início do mês, um acordo para implantar uma ampla reforma fiscal corporativa, o Reino Unido decidiu, nesta quinta-feira (21) eliminar o seu Imposto sobre Serviços Digitais, cobrado das big techs norte-americanas, como Google e Facebook.

No entanto, de acordo com um comunicado do ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak, o cancelamento do chamado “imposto tecnológico”, que busca evitar possíveis ações retaliatórias de Washington, só ocorrerá em 2023. Por enquanto “chegamos a um acordo sobre como faremos a transição de nosso Imposto sobre Serviços Digitais para o sistema tributário global recém-acordado”, garantiu o executivo.

Protegendo o imposto tecnológico até 2023

Rishi Sunak garantiu a cobrança do imposto tecnológico até 2023.(Fonte: UK Government/Wikimedia Commons/Reprodução.)Rishi Sunak garantiu a cobrança do imposto tecnológico até 2023.(Fonte: UK Government/Wikimedia Commons/Reprodução.)Fonte:  UK Government/Wikimedia Commons 

As regras de transição, de impostos nacionais sobre serviços digitais (contestados pelos EUA) para o novo acordo fiscal global foram fixadas após um encontro que reuniu representantes do Reino Unido, Áustria, França, Itália, Espanha e Estados Unidos. "Este acordo significa que nosso Imposto sobre Serviços Digitais está protegido à medida que avançamos para 2023, de modo que sua receita pode continuar a financiar serviços públicos vitais", garantiu Sunak.

O Reino Unido introduziu o imposto tecnológico em abril de 2020, que incide sobre o faturamento bruto das grandes empresas digitais no país a uma alíquota de 2%. De acordo com o ministro britânico, os valores arrecadados com o Imposto sobre Serviços Digitais após o mês de janeiro de 2022 serão abatidos das futuras rubricas destinadas a contabilizar os impostos corporativos britânicos, se excederem o valor devido conforme as novas regras globais.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes