IBM promete capacitar 30 milhões de pessoas até 2030

1 min de leitura
Imagem de: IBM promete capacitar 30 milhões de pessoas até 2030
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

A IBM é uma multinacional responsável por empregar milhares de pessoas e, há pouco, anunciou 170 novas alianças ao redor do mundo para marcar o início de um novo compromisso global: até 2030, a companhia quer capacitar e mudar a vida de 30 milhões de pessoas de todas as idades.

“O talento está em todo lugar; as oportunidades de treinamento não. É por isso que precisamos dar passos grandes e significativos para expandir o acesso às habilidades digitais e oportunidades de emprego para que mais pessoas, independentemente de sua origem, possam aproveitar a economia digital. Hoje, a IBM se compromete a fornecer a 30 milhões de pessoas novas habilidades até 2030”, disse o CEO da IBM, Arvind Krishna.

Infelizmente, a pandemia foi responsável pelo desemprego de milhares de pessoas ao redor do mundo. Em 2020, só a região da América Latina e Caribe sofreu com queda de 7,4% do PIB, com mais de 23 milhões de pessoas sem emprego. Por esses e outros casos, a multinacional busca uma mudança global.

Milhões de pessoas capacitadas e empregadas

Apesar de ser a organizadora do plano, a IBM vai receber a colaboração de universidades, entidades governamentais, agências de emprego e até ONGs. No Brasil, já existem alguns exemplos que estão funcionando.

Os programas da IBM também conectam mentores com alunos, oferecendo treinamentos online sem custo e customizados para profissionais em desenvolvimentoOs programas da IBM também conectam mentores com alunos, oferecendo treinamentos online sem custo e customizados para profissionais em desenvolvimentoFonte:  IBM 

Há programas desde para a educação técnica tradicional quanto para universidades, e ainda há oportunidades de estágio e aprendizado remunerado. No Rio Grande do Sul, o projeto IBM SkillsBuilds for Students é realizado em parceria com a prefeitura de Santa Maria — a iniciativa ajuda a capacitar alunos e professores em temas relacionados a tecnologias, como computação em nuvem, inteligência artificial e outros.

A parceria com o Centro Paula Souza, em São Paulo, é outro exemplo em terras brasileiras: o programa P-TECH oferece um modelo inovador de formação profissional para alunos da rede pública, disponível em algumas unidades de ensino de São Paulo.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes